20 Janeiro 2022, 10:19

IPO do Porto lança podcast para ajudar doentes a viver com o cancro

Mundo Atual AdministratorKeymaster

O Instituto Português de Oncologia do Porto lança hoje o primeiro de sete episódios do podcast ‘Cancro Sem Temor’, iniciativa que visa ajudar os doentes a viver com esta doença, fazendo-os ver que “não estão sozinhos”, revelou a responsável.

Dividido em sete episódios, o podcast ‘Cancro Sem Temor’ pretende “realçar a importância de aprender a viver com cancro e desmistificar conceitos e ideias sobre esta vivência”, revelou, em declarações à Lusa, a mentora do projeto e médica oncologista no IPO do Porto, Susana Sousa.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



“Os episódios abordam temas bastante importantes sobre o cancro. Para quem está em casa, no carro ou até a fazer os tratamentos, podem ouvir, refletir e reconhecer muito do que ouvem nelas próprias”, disse.

Em cada episódio, que dura entre 30 minutos a uma hora, participam vários intervenientes, desde logo, os próprios doentes, mas também os seus familiares, profissionais de saúde e outros especialistas.

Conduzidos por uma jornalista, os episódios pretendem fazer ver aos doentes com cancro que “não estão sozinhos”, nem nas suas ideias, nem sofrimentos ou perspetivas.

“A perspetiva é sempre esta: É possível viver com esta doença, arranjar mecanismos e ouvir os outros doentes e profissionais que lidam com isto todos os dias”, acrescentou a médica.

O primeiro episódio do podcast, intitulado ‘Cancro tal qual começou’ e lançado hoje, aborda o surgimento da doença na vida das pessoas, a sua adaptação, bem como a influencia que teve no seu quotidiano e na gestão de emoções. Este episódio conta com o testemunho de um doente, a sua filha e uma psicóloga.

Direitos, ensaios clínicos, benefícios e até a morte são alguns dos temas que os restantes episódios abordam, tendo em vista, “preencher lacunas e falar coisas práticas que escapam no dia-a-dia”.

O podcast ‘Cancro Sem Temor’ ficará disponível na plataforma Youtube, prevendo-se que os episódios sejam lançados de 15 em 15 dias, à exceção da época natalícia.

Sem comentários

deixar um comentário