03 Dezembro 2021, 11:07

João Félix diz que “sem vontade o talento não é suficiente”

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Madrid, 16 mar 2021 (Lusa) — O futebolista português João Félix garantiu hoje ter “uma boa relação” com o técnico do Atlético de Madrid, Diego Simeone, e considerou que “sem vontade o talento não é suficiente”.


“A verdade é que sem vontade, o talento não chega. Temos muitos exemplos de jogadores que têm muito talento e depois faltou-lhes a vontade para chegarem ao top. Não quero ser um desses. Tento sempre juntar a minha qualidade à minha vontade”, afirmou o avançado, na antevisão do encontro com o Chelsea, da segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.


João Félix, que está entre os eleitos anunciados hoje pelo selecionador português para os três primeiros jogos de apuramento para o Mundial2022, assegurou ter uma “boa relação” com o técnico argentino Diego Simeone, referindo: “Ele tenta sempre ajudar-me, como é normal. Estamos aqui para nos ajudarmos um ao outro”.


Apesar de ter sido suplente em sete dos últimos 12 encontros do Atlético, o avançado português garantiu que “está feliz” no clube, para o qual se transferiu na época 2019/2020, proveniente do Benfica.


“Estou bem aqui no clube. Como todos os jogadores, há fases menos boas, mas que passam. Não sei se estou a passar por isso ou não, mas acredito que vou passar”, afirmou.


João Félix referiu que a exigência defensiva que o Atlético reclama de todos os seus futebolistas não é um problema: “Desde que estava no Benfica que tive de defender, na seleção também tenho que defender, aqui também tenho de o fazer”.


Com jogadores da sua geração a afirmarem-se na Liga dos Campeões, como o francês Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain, e o norueguês Erling Haaland, do Borussia Dortmund, João Félix considerou que o ponto forte do Atlético deve ser o coletivo.


“Nós somos conhecidos por termos um grupo muito bom. Não por sermos muito bons individualmente, mas sim como um grupo incrível, e é assim que devemos jogar amanhã [quarta-feira]”, disse o jogador na antevisão do encontro com o Chelsea, para o qual os espanhóis partem com uma desvantagem de 1-0.



AO // AJO


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário