15 Agosto 2022, 23:48

Jogos do Mediterrâneo: Lorène Bazolo prata nos 100 m, Tiago Pereira bronze no triplo salto

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



A portuguesa Lorène Bazolo foi hoje segunda classificada na final dos 100 metros dos Jogos do Mediterrâneo Oran2022, com Tiago Pereira em terceiro no triplo salto, elevando a oito as medalhas portuguesas na 19.ª edição do evento.

No primeiro dia do atletismo, Bazolo tem para já o melhor resultado luso, ao correr a distância em 11,36 segundos, longe dos 11,10 da vencedora, a egípcia Basant Hemida, com a cipriota Olivia Fotopoulou em terceiro (11,42).

No triplo salto, Yasser Triki, atleta da casa, venceu com um salto de 17,07 metros, à frente do italiano Tobia Bocchi, com 16,93, e do luso, com um salto de 16,90.

Ao todo, são já oito as medalhas portuguesas em Oran2022, cinco só no dia de hoje, com o ouro do ciclista Rafael Reis no ciclismo, a prata de Jieni Shao e o bronze de João Geraldo, ambos no ténis de mesa.

Jieni Shao já tinha vencido o bronze ao lado de Inês Matos e Matilde Pinto no torneio por equipas, como Geraldo ganhou prata com João Monteiro e Diogo Chen, e a ginasta Filipa Martins foi terceira na final das barras paralelas assimétricas.

Os Jogos do Mediterrâneo Oran2022 arrancaram no sábado e decorrem até 06 de julho, com mais de três mil atletas de 26 países diferentes, incluindo 159 portugueses em 20 disciplinas.

Sem comentários

deixar um comentário