04 Julho 2022, 00:00

Jornalista detido em Caxemira por publicar “conteúdo antinacional”

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Srinagar, India, 05 fev 2022 (Lusa)- Um jornalista foi detido sexta-feira em Caxemira pela polícia indiana acusado de publicar “conteúdo antinacional”, numa altura que cresce a repressão contra os meios de comunicação social naquela área, notícia hoje a Associated Press (AP).


Segundo a AP, Fahad Shah, editor do portal de notícias Kashmir Walla, foi interrogado numa esquadra da polícia no sul da cidade de Pulwama, tendo sido mais tarde detido.


Numa declaração, a polícia explicou que Shad foi identificado entre “alguns utilizadores o Facebook” que tinham publicado “conteúdo antinacional”, com “intenção criminosa de criar medo entre (o) público” e “provocar a perturbação da lei e ordem”, considerando que aquele conteúdo é “equivalente a glorificar as atividades terroristas”.


A AP explica que o portal publicou várias notícias após um tiroteio entre rebeldes presos dentro de uma casa civil e tropas indianas em Pulwama, em 30 de janeiro, no qual um rebelde de Caxemira foi morto, assim como um militante paquistanês e adolescente, que as autoridades apelidaram de “híbrido”, termo que as autoridades começaram a utilizar no ano passado para alegados militantes sem registo policial e que operam como civis.


Numa dessas publicações está um vídeo em que são citados membros da família do adolescente assassinado que refutavam a alegação da polícia e um outro vídeo em que era citada a irmã do rapaz, contradizendo uma declaração anterior da família.


Entretanto, o Comité de Proteção dos Jornalistas de Nova Iorque pediu às autoridades indianas para “imediata e incondicionalmente” libertarem Shah, “abandonarem qualquer investigação sobre o seu trabalho e cessar a detenção de membros da imprensa”.


Caxemira está dividida entre a Índia e o Paquistão e ambos a reivindicam na íntegra, sendo uma das mais fortemente militarizadas do mundo.



JCR // EA


Lusa/Fim


 

Sem comentários

deixar um comentário