07 Outubro 2022, 06:39

Jovens gaienses angariaram 7,5 toneladas de alimentos

Susana Faria Administrator

Os jovens de Gaia angariaram 7,5 toneladas de alimentos, que foram distribuídos por quatro instituições do concelho, através de uma campanha realizada nos estabelecimentos de ensino.

A atividade decorreu entre os dias 15 de novembro e 7 de dezembro com o objetivo de ajudar instituições gaienses a suportar todos os custos inerentes à sua atividade, “numa época que deve ser de entreajuda”.

“Este é o segundo ano em que realizamos esta iniciativa. Os jovens apresentam as ideias ao Gabinete da Juventude e só temos de as abraçar e acarinhar. Em Gaia, a nível de políticas de juventude, nada é feito sem o contributo deles. Quase semanalmente apresentam-nos projetos e, quando são viáveis, apenas colocamos em prática”, explicou o vereador Elísio Pinto, em declarações ao Mundo Atual.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Neste projeto, que juntou cerca de cem voluntários, toda a comunidades educativa foi envolvida, bem como empresas municipais e privadas e ainda colaboradores da Câmara de Gaia.

“A juventude de Gaia tem uma enorme sensibilidade para com as instituições. É sempre simpático quando os jovens têm estes valores e se preocupam com o próximo. Terem pensado nestas instituições que desenvolvem um trabalho notável em Gaia foi de uma grande generosidade”, frisou Elísio Pinto.

“Têm demonstrado uma enorme solidariedade”

Os bens angariados foram distribuídos por quatro instituições de solidariedade do concelho: a CERCIGAIA, a Fundação Padre Luís, a Associação de Proprietários da Urbanização de Vila d’Este e a APPACDM.

O vereador salienta que a distinção atribuída ao projeto «Abraço Numa Carta» – menção honrosa do prémio Aristides de Sousa Mendes na categoria Fazer Acontecer- é também um exemplo “das boas práticas e políticas de juventude que temos levado a efeito no concelho com o contributo dos jovens, que têm demonstrado uma enorme solidariedade, em particular com os seniores, neste momento difícil que nos atormenta a todos”.

O projeto «Abraço Numa Carta» criado pela gaiense Mariana Costa levou cerca de quatro mil abraços em forma de cartas a idosos do concelho.

“Foram entregues 550 cartas no Hospital de Gaia/Espinho e as restantes a instituições particulares de solidariedade social”, esclarece.

Sem comentários

deixar um comentário