28 Setembro 2021, 16:41

Juiz aplica caução de cinco milhões de euros a Joe Berardo

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

O juiz Carlos Alexandre aplicou hoje uma caução de cinco milhões de euros como medida de coação ao empresário Joe Berardo e de um milhão ao seu advogado e André Luiz Gomes, ambos arguidos no processo Caixa Geral de Depósitos (CGD).

Os dois arguidos ficaram ainda proibidos de manter contactos entre si e com vários familiares.

O caso, que conta com 11 arguidos (cinco pessoas individuais e seis pessoas coletivas) foi tornado público depois de uma operação policial em que foram feitas cerca de meia centena de buscas, três das quais a estabelecimentos bancários, e que levou à detenção do empresário e colecionador de arte e do seu advogado de negócios André Luiz Gomes, suspeito pelos mesmos crimes.

Segundo comunicados da PJ e do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), em causa no processo está um grupo “que entre 2006 e 2009 contratou quatro operações de financiamentos com a CGD, no valor de cerca de 439 milhões de euros” e que terá causado “um prejuízo de quase mil milhões de euros” à CGD, ao Novo Banco e ao BCP.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário