29 Janeiro 2022, 14:06

Juntas de Freguesia da Póvoa de Varzim iniciam processo para desagregação de uniões

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Três juntas de freguesia do concelho da Póvoa de Varzim, distrito do Porto, que desde 2013 têm os seus territórios administrativamente agregados, aprovaram segunda-feira, nas respetivas assembleias, propostas para iniciar um processo de reversão das agregações.

A iniciativa partiu dos autarcas eleitos ou apoiados pelo PSD nas juntas de freguesias de Póvoa Varzim/Beiriz/Argivai, Aver-o-Mar/Amorim/Terroso, e Aguçadoura/Navais, e foram aprovadas por unanimidade, com a exceção de Aver-o-Mar, onde se registaram duas abstenções.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



A iniciativa pretende convocar assembleias de freguesias extraordinárias onde será discutido localmente o assunto, para que processo prossiga, depois, para decisão na Câmara, Assembleia Municipal e numa fase final na Assembleia da República.

“Nos últimos 8 anos de trabalho a Câmara Municipal, a Assembleia Municipal e Assembleias de Freguesias por todo o concelho, sempre consideraram a existência de 12 e não de sete freguesias na sua tomada de decisões”, deu nota a Comissão Política do PSD/Póvoa de Varzim, partido que através de eleitos próprios ou de apoio a listas independentes governa todas as autarquias do concelho.

Os social-democratas lembram que desde 2013, na Póvoa de Varzim, “não foram extintos serviços nas uniões, nem sem batizou uniões de freguesias com novos nomes, promovendo-se investimentos pensados freguesia a freguesia, e não para uniões de freguesias”.

O PSD/Póvoa de Varzim reconhece que “a decisão a ser tomada pela Assembleia de Freguesia passará pela Assembleia Municipal e só depois para a Assembleia da República, que decidirá fazer ou não a desagregação”, mas aponta que “já foi dado um primeiro passo”.

Das 12 freguesias que antes da Reorganização Administrativa do Território, promovida pelo Governo, em 2013, compunham o mapa da Póvoa de Varzim, apenas quatro [Estela, Balazar, S. Pedro de Rates e Laúndos] não foram agregadas com outras.

Sem comentários

deixar um comentário