13 Maio 2022, 23:26

Katia Guerreiro e Orquestra Clássica da Madeira em concerto da Festa da Flor

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Funchal, Madeira, 05 mai 2022 (Lusa) — A fadista Katia Guerreiro e a Orquestra Clássica da Madeira (OCM) sobem ao palco do Centro de Congressos no Funchal, no sábado, para o tradicional concerto da Festa da Flor, foi hoje anunciado.


O espetáculo “apresenta-se com uma proposta cativante e com uma orquestra inspirada pelo perfume, pela beleza, pela cor das flores e pelo inspirado alinhamento de fados proposto pela voz de Katia Guerreiro”, salientou o diretor da Orquestra Clássica da Madeira, Norberto Gomes, numa nota enviada às redações.


Norberto Gomes referiu que será apresentado ao público, ao som da orquestra clássica e da voz da fadista Katia Guerreiro, “um repertório baseado em belos poemas que falam sobre o mar, o amor, as flores, a saudade, um turbilhão de fortes emoções que transmitem vivências e sentimentos”.


Norberto Gomes recordou também que a fadista recebeu, em Portugal, a Ordem do Infante D. Henrique e, em França, o Grau Chevalier da Ordem das Artes e Letras, sendo “considerada uma das mais importantes fadistas entre o final do século XX e o início do século XXI”.


O concerto, agendado para as 17:00 de sábado, conta ainda com a “competência e mestria” do maestro convidado, Rui Pinheiro.


Os bilhetes custam entre cinco e 20 euros, estando disponíveis na loja Gaudeamus no Colégio dos Jesuítas (junto à Câmara Municipal do Funchal), de segunda a sexta-feira entre as 09:00 e as 18:00, e no dia do espetáculo no Centro de Congressos da Madeira a partir das 15:00.


A abertura oficial da Festa da Flor 2022, que decorre até 29 de maio, está prevista para as 18:00 de hoje, na placa central da Avenida Arriaga, no Funchal.


O evento, organizado pelo Governo Regional da Madeira, resulta de um investimento de 835.000 euros e é um dos principais cartazes turísticos da região.


No próximo fim de semana, a Madeira prevê uma ocupação hoteleira de 90% devido à Festa da Flor, que regressa este ano ao seu figurino habitual, sem restrições, depois de dois anos condicionada pela pandemia de covid-19.


O cortejo alegórico, o principal momento do certame, está agendado para o próximo domingo, às 16:30, no qual participarão 13 grupos, num total de 1.400 participantes.



TFS // TDI


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário