25 Outubro 2021, 14:14

Lava reapareceu na cratera do vulcão Nyiragongo, na RDC, sem perigo iminente

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Goma, Rep. Democrática do Congo, 26 set 2021 (Lusa) – Um lago de lava reapareceu na cratera do vulcão Nyiragongo, sem representar perigo iminente, quatro meses após a erupção que matou 32 pessoas no leste da República Democrática do Congo, foi hoje noticiado.


“Vimos isso desde 18 de setembro. Observámos o reaparecimento de um lago de lava na cratera do Nyiragongo”, disse Kasereka Mahinda, diretora científica do Observatório Vulcânico Goma (OVG).


“Não é um fenómeno que apresenta risco iminente de uma nova erupção, por outro lado é um fenómeno que permite que o vulcão respire. É um sinal natural. O aparecimento deste lago de fogo na cratera minimizará os sismos na zona vulcânica de Goma”, explicou a cientista à agência noticiosa France Presse.


A erupção do vulcão Nyiragongo no passado 22 de maio causou a morte a 32 pessoas, destruiu várias centenas de casas e obrigou à deslocação de dezenas de milhar de pessoas, que fugiram de uma erupção límbica do lago Kivu, que poderia libertar enormes quantidades de gás mortífero.


O desaparecimento da lava na cratera fez pensar que tenha ficado soterrada sob a cidade de Goma enquanto, desde esta erupção, a terra treme regularmente, neste aglomerado de dois milhões de habitantes.


No final de julho último, o vulcão Nyiragongo projetou cinzas, não relacionadas com a atividade eruptiva.


“Hoje Nyirangongo encontrou uma maneira de respirar, é um bom sinal. O medo persistiria se a chaminé permanecesse bloqueada”, assegurou Kasereka Mahinda.


 


NL // JNM


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário