26 Janeiro 2022, 08:03

Legislativas: Costa ao ataque contra Ventura, líder do Chega responde com “clientelas” do PS

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

 Lisboa, 06 jan 2022 (Lusa) — O secretário-geral do PS confrontou hoje o presidente do Chega com as suas posições na vacinação, impostos e ausência em votações sobre corrupção, enquanto André Ventura associou os socialistas a clientelas e casos de justiça.


“Comigo não passará, comigo não passará”, declarou António Costa já na parte final deste debate pré-eleitoral para as legislativas antecipadas de 30 de janeiro, na RTP, que foi moderado pelo jornalista João Adelino Faria e que foi travado em clima tenso.


No plano político, ao longo de cerca de 25 minutos, António Costa e André Ventura estiveram sempre em planos totalmente opostos, e o debate aqueceu nos momentos finais.


Mesmo antes de terminar o frente-a-frente, o presidente e deputado único do Chega, na sua última intervenção, fez uma acusação pessoal, dizendo que António Costa foi apanhado em escutas “a tentar interferir” no processo Casa Pia, em 2003.


António Costa, apesar de já não dispor de tempo, respondeu: “Lembre-se sempre do seguinte, a última vez que fez acusações num debate acabou o senhor condenado no Supremo Tribunal de Justiça” – uma alusão à sentença por ofensas à família Coxi, residente no Bairro da Jamaica, no concelho do Seixal.


 


 


PMF // JPS


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário