26 Janeiro 2022, 08:22

Legislativas: Jerónimo demarca-se de Catarina Martins e recusa intrometer-se na liderança do PS

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

O secretário-geral comunista demarcou-se ontem da afirmação da coordenadora do BE de que António Costa constitui “um obstáculo”, rejeitando “ingerência” em outro partido e contrapondo que “quem sabe do convento é quem lá vive dentro”.

Na parte final do frente-a-frente na TVI com o secretário-geral do PS, Jerónimo de Sousa foi questionado pelo jornalista Pedro Mourinho se concordava com uma afirmação horas antes feita por Catarina Martins, em debate com o Livre, segundo a qual o atual secretário-geral do PS é nesta altura “um obstáculo”.

“Acho essa expressão no mínimo infeliz. Quem tem de decidir da vida do PS são os socialistas”, respondeu o secretário-geral do PCP.

Jerónimo de Sousa considerou que, “por uma questão de respeito, independência e autonomia de cada força política, incluindo o PS, não há jeito nem maneira de colocar isso em cima da mesa nesses termos”.

“Tenho um interesse muito particular num ditado popular: Quem sabe do convento é quem lá vive dentro. Naturalmente, é uma responsabilidade do PS escolher os seus órgãos, escolher os seus dirigentes”, disse.

Depois, o líder comunista concluiu: “Não deve haver qualquer ingerência nessa matéria”,

 

Sem comentários

deixar um comentário