04 Julho 2022, 06:02

Legislativas: Total de 13.118 eleitores em confinamento e idosos vão votar antecipadamente

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 24 jan 2022 (Lusa) — O número total de inscritos para o voto antecipado em confinamento devido à covid-19 e em lares de idosos, entre terça-feira e quarta-feira, é 13.118, indicou hoje à Lusa o Ministério da Administração Interna (MAI).


O MAI precisa que os dados finais da administração eleitoral da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna dão conta de que, entre os dias 20 e 23 de janeiro, inscreveram-se 397 cidadãos na modalidade de voto antecipado em confinamento decretado pelas autoridades de saúde devido à covid-19 e 12.721 cidadãos internados em estruturas residenciais para idosos.


Segundo o MAI, estes cidadãos votam na terça-feira e quarta-feira, sendo os boletins recolhidos nos respetivos domicílios por equipas das câmaras municipais, acompanhadas por representantes dos partidos.


Nas eleições presidenciais de 2021 inscreveram-se 12.906 cidadãos nesta modalidade de voto antecipado em confinamento, 4.952 dos quais estavam internados em lares de idosos.


Nas autárquicas 2021, inscreveram-se 7.507 eleitores, 437 em confinamento devido à covid-19 e 7.070 em lares de idosos.


O Ministério da Administração Interna apela a todos os eleitores para “o rigoroso cumprimento das normas de segurança sanitária durante o exercício de voto, garantindo a segurança do processo”, nomeadamente utilização de caneta própria, máscara, distanciamento social e higienização das mãos.


Além desta possibilidade de votar em confinamento, os eleitores que se encontrem em isolamento obrigatório devido à covid-19 vão poder votar presencialmente no domingo para eleições legislaturas antecipadas, depois de o Governo ter pedido um parecer ao conselho consultivo da Procuradoria-Geral da República.


O Governo recomendou aos eleitores nessa situação que vão votar num período específico, entre as 18:00 e as 19:00, aconselhando os restantes cidadãos a fazê-lo entre as 08.00 e as 18.00.



CMP // JPS


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário