24 Maio 2022, 03:56

Legislativas: Ventura diz que não teme ficar isolado pela direita

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Vila Viçosa, Évora, 27 jan 2022 (Lusa) — O presidente do Chega, André Ventura, afirmou hoje em Vila Viçosa que não teme ficar isolado pela direita, voltando a frisar que é “inevitável” o líder do PSD, caso vença as eleições, dialogar com o seu partido.


“Um líder político e um partido nunca temem ficar isolados”, disse Ventura, quando questionado pela agência Lusa sobre a possibilidade de uma maioria de direita que exclua qualquer diálogo ou acordo com o partido de extrema-direita.


Para o líder do Chega, caso tenha um resultado baixo — de “2 ou 3%” -, reconhecerá que falhou, mas se tiver um resultado acima dos 7% nas eleições de dia 30 “são os outros que têm que ler os resultados”.


“Toda a campanha foi isto: Com o Chega não, com o Chega não, com o Chega não. Se no domingo os eleitores disserem ‘com o Chega sim’, então os outros é que têm que ler os resultados”, frisou.


Havendo uma maioria de direita, André Ventura salientou que é “inevitável” Rui Rio dialogar com o Chega.



JGA // LFS


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário