27 Outubro 2022, 19:01

Líder Real Madrid vence em Vigo com dois golos de Benzema de penálti

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Redação, 02 abr 2022 (Lusa) — O Real Madrid venceu hoje por 2-1 em casa do Celta de Vigo, para a 30.ª jornada da liga espanhola de futebol, com dois golos de penálti do francês Karim Benzema, que ainda falhou a conversão de um terceiro.


Depois de ter perdido na jornada anterior em casa por 4-0 com o FC Barcelona, o líder Real Madrid voltou aos triunfos num jogo complicado em Vigo, em que chegou à vantagem por Karim Benzema, aos 19 minutos, na conversão de uma grande penalidade.


O lance que originou a grande penalidade teve como intervenientes dois jogadores que já atuaram no futebol português: Nolito, espanhol que já representou o Benfica, tocou na área o brasileiro Éder Militão, que defendeu as cores do FC Porto.


O Celta da Vigo esteve perto de empatar aos 23 minutos por Iago Aspas, na conversão de um livre direto defendido em voo pelo guarda-redes belga Thibaut Courtois, e aos 39 viu um golo anulado por posição irregular do mesmo Iago Aspas.


Na segunda parte, Nolito redimiu-se do lance da grande penalidade e fez o empate 1-1, aos 52 minutos, mas o Real Madrid, já depois de desperdiçar um penálti por Karim Benzema, aos 64, chegou à vitória com novo castigo máximo pelo francês, aos 69.


Com os dois penáltis convertidos frente ao Celta de Vigo, Karim Benzema superou os seus golos numa época pelos ‘merengues’, chegando aos 34, batendo os 32 em 2011/12, depois de em 2021/21 ter terminado com 30.


O Real Madrid lidera a liga espanhola com 69 pontos, com mais 12 e um jogo do que o Sevilha, segundo, enquanto o Celta de Vigo, que este ano ainda não tinha perdido em casa, segue na 11.ª posição, com 36.


O Getafe, com o português Florentino Luís chamado a jogo aos 90 minutos, regressou aos triunfos na liga, após quatro empates e duas derrotas, ao vencer por 1-0 o Maiorca, com um golo de Borja Mayoral, aos 82 minutos, e segue na 14.ª posição, com 32 pontos.


O Maiorca, reduzido a dez unidades desde os 63 minutos por expulsão do argentino Franco Russo, por acumulação de amarelos, somou a sétima derrota consecutiva e ocupa o 18.º posto, com 26 pontos, sendo a primeira equipa abaixo da linha de permanência.


O Levante, do português Rúben Vezo, que saiu do banco ao intervalo para o seu 100.º jogo pela equipa de Valência, regressou aos triunfos, após um empate e duas derrotas, com uma vitória por 2-0 frente ao Villarreal, com um ‘bis’ de José Luis Morales, aos 69 e 90+1 minutos.


O então lanterna-vermelha Levante ascendeu, à condição, ao 19.º lugar, com os mesmos 22 pontos do Alavés (20.º), que ainda hoje defronta o Atlético Madrid, enquanto o Villarreal é sétimo, com 45, mas pode ficar mais longe dos lugares europeus.



APS // NFO


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário