05 Dezembro 2022, 23:47

Linha SNS24 vai abrir novo ‘call center’ em Beja com 150 enfermeiros

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Beja, 24 dez 2021 (Lusa) — A Linha SNS24 vai abrir um novo ‘call center’, em Beja, no início de janeiro de 2022, com uma equipa de 150 enfermeiros, para reforçar a capacidade de atendimento, anunciou hoje o Algarve Biomedical Center (ABC).


Em comunicado enviado à agência Lusa, o ABC indicou que a criação deste novo centro de atendimento resulta de uma parceria estabelecida com a operadora de telecomunicações Altice, que detém a exploração da Linha SNS24.


Segundo a mesma entidade, o futuro ‘call center’ da cidade alentejana, com “150 enfermeiros” e que deverá estar ao serviço “no início de janeiro”, pretende “reforçar a capacidade” de atendimento desta linha telefónica.


Contactado pela Lusa, o presidente do ABC, Nuno Marques, indicou que as duas entidades decidiram avançar com a criação do novo centro de atendimento do SNS24 para que “esta linha mantenha a qualidade de atendimento que tem tido sempre”.


“É quando temos um aumento do número de casos [de covid-19] que a linha é ainda mais essencial, porque é sempre o primeiro contacto com o Serviço Nacional de Saúde (SNS)”, sublinhou o responsável.


Nuno Marques assinalou que a Linha SNS24, além de dar “resposta a pessoas com covid-19 ou a contactos com casos positivos” do vírus SARS-CoV-2, que provoca a doença, também atende “outras situações”.


“Para a estrutura de Beja, a nossa previsão é termos 150 enfermeiros e alunos do último ano do curso de enfermagem do Instituto Politécnico de Beja (IPB)”, adiantou, referindo que os profissionais já recrutados iniciam formação já na próxima semana.


O presidente do ABC realçou que este ‘call center’, localizado em instalações que a Altice já dispõe na cidade de Beja, vai entrar em funcionamento na primeira ou na segunda semana de janeiro do próximo ano.


O Algarve Biomedical Center já colabora com a Altice e o Ministério da Saúde em seis ‘call centers’ da Linha SNS24, nomeadamente em Braga, Porto, Coimbra, Lisboa, Covilhã e Faro, os quais contam com 1.400 operadores em atendimento permanente.


O ABC continua a recrutar enfermeiros para o novo ‘call center’ de Beja, através da sua Delegação de Moura.



SM // HB



Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário