25 Janeiro 2022, 10:46

Lipor investe 1,7 ME para duplicar capacidade de produção de composto granulado

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

A empresa intermunicipal de gestão de resíduos do Grande Porto Lipor vai investir 1,7 milhões de euros para duplicar a produção de composto agrícola granulado, podendo atingir uma produção anual de cerca de seis mil toneladas.

Segundo adianta no seu site, para dar resposta ao previsível “aumento significativo na procura de corretivos agrícolas no formato granulado, a Lipor planeou a renovação da linha de produção associada a este processo, prevendo-se que esteja completamente operacional em janeiro de 2022”.

Com este investimento de cerca de 1,7 milhões de euros, que contou com apoios comunitários através do Portugal 2020, é esperado “que a produção, até agora de cerca de uma tonelada por hora, duplique para, pelo menos, cerca de duas toneladas por hora”.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Assim, “mantendo o mesmo regime de operação”, pode atingir “uma produção anual mínima de cerca de seis mil toneladas de composto no formato granulado, para todo o tipo de práticas agrícolas, estando também disponível para aplicação em modo biológico”.

De acordo com a nota publicada hoje, “a nova conceção desta linha integra um conjunto de equipamentos que possibilitam a otimização da sua capacidade, bem como a melhoria da qualidade do produto final”.

“Dadas as características do composto destinado a granulação, a solução integra equipamentos com flexibilidade e eficiência suficientes para responder à evolução do processo”, destaca a empresa.

A Lipor gere, valoriza e trata os resíduos urbanos dos municípios de Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde.

Esta empresa é responsável pela gestão de cerca de 500 mil toneladas de resíduos urbanos, produzidos por cerca de um milhão de habitantes anualmente.

Sem comentários

deixar um comentário