09 Agosto 2022, 14:32

Lucros da EDP Renováveis aumentam 18% em 2021 para 655 ME

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 16 fev 2021 (Lusa) — A EDP Renováveis apresentou lucros de 655 milhões de euros em 2021, um aumento de 18% em relação a 2020, segundo informação enviada hoje à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) portuguesa.


A empresa, que tem sede em Madrid, mas que está cotada na bolsa de Lisboa, informa o mercado que o resultado final de 2021 foi “maioritariamente” devido a maiores ganhos de capital, custos financeiros mais baixos e maior geração em relação a 2020.


A EDPR sublinha que no ano passado as suas receitas aumentaram para 1.758 milhões de euros, um crescimento de 2% em relação a 2020.


O EBITDA (lucros antes de impostos, juros, depreciações e amortizações) totalizaram 1.760 milhões de euros, mais 6% do que no ano anterior.


De acordo com a informação da empresa, a EDPR tinha no final de 2021 um portfólio operacional de 13,6 GW (gigawatts), com nove anos de idade média, dos quais 12,5 GW estavam totalmente consolidados e 1,1 GW encontravam-se consolidados ao nível de ‘Equity’ (Espanha, Portugal, EUA e Offshore).


A empresa EDPR adicionou um total de 2.584 MW (megawatts) de capacidade eólica e solar, dos quais 2.273 MW foram totalmente consolidados, mais precisamente, 682 MW na Europa, 1.204 MW na América do Norte, 359 MW no Brasil e 28 MW na região da Ásia-Pacífico, nomeadamente no Vietname.


Em dezembro de 2021, a EDPR tinha 1,8 GW de capacidade em construção, dos quais 1.592 MW de capacidade eólica e 232 MW de solar.


Durante o ano, a EDPR produziu 30,3 TWh (terawatts) de energia verde, um aumento de 6% em relação a 2020, evitando 18 mt (megatoneladas) de emissões de CO2.


A EDP Renováveis aumentou em 24% o número de “colaboradores”, de 1.735 em finais de 2020 para 2.150 um ano depois.


De acordo com a empresa, o investimento total foi de 2.522 milhões de euros em 2021, mais 20% do que no ano anterior.


Em dezembro de 2021, a dívida líquida totalizava 2.935 milhões de euros, menos 15%% do que um ano antes.


A Energias de Portugal, S.A. (EDP) é a maior acionista da EDP Renováveis, que tem a sua sede em Madrid.



FPB // SB


Lusa/Fim

Tags

Sem comentários

deixar um comentário