27 Janeiro 2022, 23:08

Macau cancela sinais de tempestade tropical

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Macau, China, 21 dez 2021 (Lusa) – Os Serviços Meteorológicos e Geofísicos (SMG) de Macau cancelaram hoje todos os alertas de tempestade tropical, relativos à passagem do ciclone tropical severo Kai.


“Todos os sinais foram cancelados”, depois de o Rai ter passado a cerca de 200 quilómetros a sul de Macau, estando progressivamente a enfraquecer e a afastar-se, de acordo com um comunicado dos SMG.


Na passagem pelas Filipinas, o Rai causou pelo menos 375 mortos, 500 feridos e 56 desaparecidos, indicaram as autoridades locais.


Na segunda-feira, as autoridades admitiram que o balanço de vítimas pode aumentar porque várias cidades e aldeias continuavam isoladas devido a falhas de comunicações e cortes de energia, embora estivessem em curso esforços de limpeza e reparação.


O tufão, o mais forte a atingir as Filipinas este ano, devastou áreas inteiras onde os sobreviventes precisam urgentemente de água limpa e alimentos, disseram as autoridades.


Mais de 400 mil pessoas foram deslocadas para abrigos, depois de terem sido obrigadas a fugir das suas casas e áreas costeiras quando o Rai passou no arquipélago, entre quinta e sexta-feira.


No seu ponto mais forte ao passar pelas Filipinas, o Rai apresentou ventos constantes de 195 quilómetros por hora (km/h), com rajadas de até 270 km/h, sendo considerado um “supertufão”.


O Rai ocorreu particularmente tarde para a habitual época de tempestades tropicais, sendo que a maioria se forma no Oceano Pacífico entre julho e outubro.


A escala de alerta de tempestades tropicais na região é formada pelos sinais 1, 3, 8, 9 e 10, emitidos tendo em conta a proximidade da tempestade e a intensidade dos ventos.



EJ // VM


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário