29 Junho 2022, 23:27

Marc Márquez afastado da competição por tempo indeterminado

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

O piloto espanhol Marc Márquez (Honda) vai ficar afastado da competição por tempo indeterminado, pois a queda sofrida domingo na sessão de aquecimento do GP da Indonésia de MotoGP provocou uma recaída nos problemas oculares que o afetaram.

De acordo com a equipa Repsol Honda, o piloto espanhol começou a sentir sintomas relacionados com a sua visão na viagem de regresso a Espanha.

“À chegada a Barcelona, na segunda-feira, visitou de urgência o médico da sua confiança, o Dr. Sánchez Dalmau, que, após os exames, confirmou uma recaída da diplopia que o piloto sofreu no passado mês de novembro”, lê-se no comunicado da equipa.

De acordo com o médico catalão, citado pela equipa, foi decidido seguir “um tratamento conservador com realização de avaliações médicas periódicas”.

Assim, “na próxima semana, Marc Márquez vai submeter-se a uma nova avaliação para aquilatar da evolução da lesão e poder prognosticar um período estimado de recuperação para poder voltar à competição”, explicou o clínico.

Recorde-se que a diplopia foi causada pela paralisia do quarto nervo ótico do olho direito e provoca visão dupla, uma lesão rara em alta competição, mas que já afetou, por exemplo, o piloto português Tiago Monteiro, após um acidente sofrido em Espanha, em 2017.

Marc Márquez falhou a corrida do GP da Indonésia de MotoGP, segunda prova do Mundial de Velocidade em motociclismo, ganha pelo português Miguel Oliveira (KTM), depois de sofrer uma violenta queda na curva sete do circuito de Mandalika, na sessão de aquecimento anterior à corrida.

A equipa médica do campeonato confirmou que o piloto sofreu uma comoção cerebral e vários politraumatismos, mas exames subsequentes descartaram qualquer lesão grave.

Por precaução, a equipa médica do campeonato, em conjunto com a equipa do oito vezes campeão mundial, decidiram que o piloto não deveria participar na corrida.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário