11 Setembro 2022, 11:03

Marcelo envia condolências a Biden pelas vítimas dos tornados no centro e sul dos EUA

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 12 dez 2021 (Lusa) — O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, enviou hoje uma mensagem de condolências ao chefe de Estado norte-americano, Joe Biden, pelas vítimas dos tornados que assolaram o centro e o sul dos Estados Unidos.


A mensagem de condolências de Marcelo Rebelo de Sousa foi publicada na página oficial da Presidência da República na Internet.


Nessa mensagem, lê-se que Marcelo Rebelo de Sousa transmitiu a Joe Biden “a profunda preocupação do povo português com as consequências devastadoras dos tornados que assolaram o centro e o sul dos Estados Unidos nos últimos dias, provocando muitas dezenas de mortos e vastos prejuízos materiais”.


As equipas de socorro norte-americanas continuavam hoje de manhã a tentar encontrar sobreviventes dos tornados que devastaram o centro e o sul dos Estados Unidos na sexta-feira e no sábado, provocando pelo menos 83 mortos.


As tempestades deixaram um rasto de destruição em seis estados, Arkansas, Illinois, Kentucky, Missouri, Mississípi e Tennessee, com registos de cerca de 30 tornados.


Numa comunicação ao país, o Presidente Joe Biden disse tratar-se de “uma das piores séries de tornados” da história do país e de “uma tragédia inimaginável”.


As agências federais de resposta a catástrofes começaram a deslocar-se para as zonas mais afetadas, disse Biden, prometendo que “o Governo federal fará tudo o que estiver ao seu alcance para ajudar”.


O Kentucky, na parte centro-leste do país, foi particularmente atingido por este fenómeno climático violento, que afeta sobretudo as vastas planícies americanas, com colunas negras a varrer o solo, iluminadas por relâmpagos intermitentes.


Fora do Kentucky, foram relatadas pelo menos 13 mortes, incluindo seis pessoas que trabalhavam num armazém da empresa Amazon no Illinois.


Das cerca de 100 pessoas presentes no armazém, apenas 45 conseguiram sair, de acordo com os bombeiros. As equipas de salvamento continuavam hoje de manhã as buscas.


“Estamos de coração partido pela perda dos nossos colegas, e os nossos pensamentos e orações estão com as suas famílias e entes queridos”, disse o chefe da Amazon, Jeff Bezos, na rede social Twitter.


O Tennessee relatou quatro mortes, duas pessoas morreram no Arkansas e pelo menos uma morte foi relatada no Missouri.



PMF (PNG) // CSJ


Lusa/Fim


 

Sem comentários

deixar um comentário