17 Agosto 2022, 18:19

Marcelo Rebelo de Sousa e Francisco Guterres trocaram altas condecorações

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Díli, 19 mai 2022 (Lusa) — O chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, e o Presidente cessante de Timor-Leste, Francisco Guterres Lú-Olo, trocaram hoje altas condecorações de Estado, em Díli.


Numa cerimónia no Palácio Presidencial, em Díli, Francisco Guterres condecorou Marcelo Rebelo de Sousa com o Grande-Colar da Ordem de Timor-Leste, o mais alto galardão do Estado timorense atribuído a chefes de Estado estrangeiros.


Por sua vez, o Presidente português distinguiu o seu homólogo com o Grande-Colar da Ordem do Infante D. Henrique, que é o mais alto grau desta ordem e é concedido a chefes de Estado estrangeiro.


Esta cerimónia foi seguida de um jantar oferecido pelo chefe de Estado timorense no Palácio Presidencial, pouco antes do fim do mandato presidencial de Francisco Guterres.


A cerimónia de investidura do novo Presidente da República Democrática de Timor-Leste, José Ramos-Horta, acontece hoje já de noite em Díli.


Ramos-Horta vai tomar posse pela segunda vez como chefe de Estado de Timor-Leste, após ter derrotado o Presidente em exercício, Francisco Guterres, na segunda volta das presidenciais timorenses, em 19 de abril.


Marcelo Rebelo de Sousa está em Díli especialmente para esta cerimónia de investidura e para as celebrações dos 20 anos da restauração da independência de Timor-Leste, na sexta-feira, em representação do Estado português e da União Europeia.



IEL // ACL


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário