26 Janeiro 2022, 20:04

Media Capital “dá uma prova inequívoca de robustez e ambição” – Mário Ferreira

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 24 nov 2021 (Lusa) – O presidente do Conselho de Administração da Media Capital, que cumpre hoje um ano na liderança da empresa, salienta que o grupo “dá uma prova inequívoca de robustez e ambição” com o lançamento da CNN Portugal.


“O Conselho de Administração da Media Capital está em funções há exatamente um ano”, afirma Mário Ferreira, na ‘newsletter’ do grupo.


“Sou seu presidente desde o dia 24 de novembro de 2020 e tenho a felicidade de assinalar esta data no exato momento em que o grupo dá uma prova inequívoca de robustez e ambição”, pois “acabámos de lançar a CNN Portugal”, refere o empresário.


A CNN Portugal, que substituiu a TVI24, arrancou na passada segunda-feira, às 21:00.


Trata-se de “um passo que só foi possível porque esta nova e sólida estrutura acionista injetou recursos, reforçou quadros e competências e investiu com a ousadia de quem escolhe juntar-se à melhor marca de informação do mundo”, sublinha Mário Ferreira.


“Escolhemos ser parceiros da CNN para elevar os nossos padrões de qualidade, para colocar Portugal na rota do melhor jornalismo que se faz no mundo” e “fizemo-lo por acreditar que é nosso papel, enquanto cidadãos comprometidos com a sua comunidade e enquanto agentes da iniciativa privada, contribuir para uma comunicação social forte, livre, independente, rigorosa, exigente”, prossegue.


“Contribuir para um jornalismo que privilegie a verdade, que vá a qualquer ponto do país ou do mundo em busca dos factos, que ofereça diferentes pontos de vista, que explique, que questione, os nossos filhos e netos merecem este esforço coletivo”, reitera.


“Queremos entregar-lhes em mãos uma sociedade mais esclarecida, um país que goze da reputação de ser livre, democrático, com elevados padrões de cidadania e com uma cultura de rigor e de verdade”, reforça Mário Ferreira.


O empresário admite que ao dar este passo está “a agitar o mercado dos media em Portugal”, obrigando os concorrentes, que respeita, “a reforçar o seu músculo competitivo”.


Se todos “fizermos este esforço de qualificação do jornalismo nacional, todos beneficiaremos com isso”, defende Mário Ferreira.


“Percecionar a CNN Portugal como um acelerador deste fenómeno reforça a nossa ambição de contribuir para uma maior e mais diversificada oferta de conteúdos audiovisuais, em todas as frentes e em todas as plataformas”, acrescenta, salientando tratar-se de “um projeto de futuro, que quer ir ao encontro de todos os públicos e que tem noção das mudanças que estão a ocorrer nos hábitos de consumo das diversas gerações”.


Hoje, “mais do que nunca, a liberdade e a democracia defendem-se com uma cidadania melhor informada e mais afirmativa. É essa a missão da CNN Portugal, é esse o compromisso da Media Capital”, remata Mário Ferreira.



ALU // CSJ


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário