29 Junho 2022, 22:43

Medidas dos EUA para suspender sanções do programa nuclear “não são suficientes” – Irão

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Teerão, 05 fev 2022 (Lusa) – As medidas tomadas pelos Estados Unidos para suspender as sanções ao Irão são “boas, mas não suficientes”, disse hoje o ministro iraniano das Relações Exteriores, após o anúncio de Washington da renúncia de certas sanções ligadas ao programa nuclear civil.


“O levantamento de certas sanções pode traduzir-se literalmente em boa vontade (dos Estados Unidos). Os americanos falam sobre isso, mas é preciso saber que o que acontece no papel é bom, mas não é suficiente”, disse à imprensa o chefe da diplomacia iraniana, Hossein Amir-Abdollahian.


Na sexta-feira, o Governo de Joe Biden restaurou algum alívio de sanções ao programa nuclear do Irão, enquanto as potências mundiais e a República Islâmica continuam as negociações com o objetivo de salvar o acordo.


“Levantar algumas sanções de maneira real e objetiva pode ser interpretado como a boa vontade de que os americanos falam”, disse o ministro das Relações Exteriores.


O secretário de Estado norte-americano Antony Blinken assinou várias isenções de sanções relacionadas com as atividades nucleares civis do Irão.


A medida reverte a decisão do Governo Trump de rescindi-las e ocorre quando os negociadores dos Estados Unidos regressam a Viena para o que poderia ser uma sessão de ‘tudo ou nada’.


As isenções visam, em última análise, atrair o Irão de volta ao acordo de 2015 que vem violado desde que o ex-presidente Donald Trump se retirou do acordo em 2018 e reimpôs sanções dos Estados Unidos.


A curto prazo, as últimas decisões vão isentar países e empresas estrangeiras que trabalham no setor nuclear civil do Irão das penalidades americanas.


O Irão distanciou-se gradualmente dos termos do acordo nuclear com as potências mundiais depois de os Estados Unidos se retirarem. O Irão exigiu a restauração de todo o alívio de sanções prometido sob o acordo antes de regressar ao seu cumprimento.


“Boa vontade, do nosso ponto de vista, significa que algo tangível acontece no terreno”, disse Amirabdollahian.



RCP // EA


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário