05 Fevereiro 2023, 03:11

Metro do Porto lança concurso de 4,9ME para sinalização das novas oficinas em Gaia

© AMÂNDIA QUEIRÓS | MUNDO ATUAL
Mundo Atual Administrator

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

 A Metro do Porto lançou hoje um concurso público de 4,9 milhões de euros para a sinalização do novo Parque de Material e Oficinas de Vila d’Este, em construção no âmbito da extensão da Linha Amarela em Gaia.

O anúncio de procedimento do “Concurso Público para o Projeto, Fornecimento, Instalação, Testes e Colocação ao Serviço do Sistema de Sinalização do PMO [Parque de Material e Oficinas] de Vila d’Este” foi hoje publicado em Diário da República (DR).

O valor base do concurso público é de 4,9 milhões de euros, o prazo de execução do contrato a assinar será de 30 meses e os potenciais concorrentes podem apresentar propostas até ao início de março.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



O PMO de Vila d’Este está a ser construído no âmbito da extensão da Linha Amarela (D) entre Santo Ovídio e Vila d’Este, em Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, e tem conclusão prevista para o final do ano.

Em 28 de outubro, a Metro do Porto admitiu alterações ao processo de manutenção dos veículos no âmbito da construção do novo PMO em Vila d’Este, mas não sairá de Guifões, em Matosinhos.

“Relativamente à manutenção haverá uma alteração por força da entrada em serviço do PMO de Vilar de Andorinho”, freguesia onde se situa Vila d’Este, disse hoje fonte oficial da Metro do Porto à Lusa.

A empresa assegurou também que “não” sairá das atuais instalações no concelho de Matosinhos, e que “o Parque de Material e Oficinas de Vilar de Andorinho será complementar ao que existe em Guifões”.

O novo PMO servirá “para aumentar a capacidade e aumentar a eficiência, nomeadamente energética, melhorando o indicador de quilómetros (kms) em vazio, estando previsto funcionar para aparcamento do material circulante das linhas Rosa, Rubi e Amarela”, segundo a empresa.

Ficará situado entre as futuras estações do Hospital Santos Silva e Vila d’Este, parte da extensão que também inclui a estação Manuel Leão, à qual o metro chegará vindo da atual estação de Santo Ovídio, através de um viaduto.

As obras de prolongamento da Linha Amarela (em Vila Nova de Gaia) e a construção da Linha Rosa (no Porto, entre São Bento e Casa da Música) representam no total um acréscimo de seis quilómetros e sete estações à rede de metro do Porto e um investimento total superior a 400 milhões de euros.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário