06 Setembro 2022, 21:34

Migrações: Intercetados 92 migrantes quando tentavam chegar à costa espanhola

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Madrid, 31 dez 2021 (Lusa) — Um total de 92 migrantes foram intercetados quando tentavam chegar em embarcações precárias e improvisadas a diferentes zonas da costa espanhola, anunciaram hoje a polícia e fontes do Salvamento Marítimo.


Citadas pela agência noticiosa espanhola EFE, as fontes referem que na costa de Múrcia foram resgatadas três embarcações com 52 migrantes argelinos a bordo, oito deles mulheres e nove menores, quando tentavam chegar à costa por Cartagena.


A primeira das embarcações, que transportava 14 pessoas, foi transferida para o porto pela “Salvamar Draco”, embarcação do Salvamento Marítimo, depois de ter sido encontrada a sul do monte de las Cenizas, no parque regional de Calblanque.


Outra, com 20 pessoas a bordo, incluindo sete menores, vista a sudeste daquele ponto, foi resgatada por uma patrulha da Guarda Civil, que também teve de ajudar uma terceira embarcação com outras 18 pessoas (11 homens adultos, cinco mulheres e duas crianças).


Na costa de Granada, efetivos do Salvamento Marítimo transferiram para o porto de Motril 19 pessoas originárias do Magrebe, que tinham sido localizadas perto da costa granadina.


Os migrantes foram encontrados cerca das 07:00 (mesma hora em Lisboa), cerca de 3 milhas a sudeste do cabo Sacratif por um navio-patrulha da Guarda Civil.


O “Salvamar Gienah”, unidade do Salvamento Marítimo, dirigiu-se ao local e, após resgatá-los, transferiu-os para o porto, onde foram assistidos pela Cruz Vermelha, que prestou os primeiros cuidados médicos antes de serem submetidos a um teste de diagnóstico para a doença covid-19.


Em outra situação, 11 pessoas, aparentemente em boas condições de saúde, foram intercetadas em terra depois de chegarem a uma enseada em Benidorm a bordo de um bote.


Estas pessoas vão ser transferidas para o porto de Alicante, anunciou, entretanto, a Cruz Vermelha.


Com esta embarcação, são 68 o número de migrantes que chegaram à Comunidade Valenciana durante o ano de 2021, totalizando 859 pessoas, entre eles 764 homens, 26 mulheres e 69 menores, na sua maioria argelinos, embora também houvesse marroquinos e nacionais de outros países africanos ou do Médio Oriente, como a Síria.


Da mesma forma, a Guarda Civil deteve no município de Felanitxe, em Maiorca, 10 homens que chegaram numa embarcação a Cala Brafi, anunciou a delegação do Governo regional.


Aparentemente, um indivíduo notificou a chegada de uma embarcação a este ponto na costa sudeste de Maiorca e uma patrulha da polícia deslocou-se ao local.


Os agentes detiveram cinco homens, aparentemente em bom estado de saúde, nas proximidades da enseada e iniciaram uma busca que posteriormente permitiu a detenção de outros cinco migrantes indocumentados.


Com este caso, sobem para 160 o número de embarcações localizadas este ano nas ilhas Baleares e 2.333 o de migrantes intercetados, segundo a contagem da EFE.



EL // SCA


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário