17 Agosto 2022, 04:48

Miguel Oliveira terceiro na segunda corrida do Nacional de automobilismo em Vila Real

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



O piloto de MotoGP Miguel Oliveira (Hyundai) terminou hoje na terceira posição a segunda corrida do Campeonato de Portugal de automobilismo de velocidade, em Vila Real, onde venceram André Pimenta e Pedro Salvador (McLaren).

Miguel Oliveira, que fez dupla com o pai, Paulo Oliveira, concluiu as 21 voltas desta segunda corrida integrada na 51.ª edição do Circuito Internacional de Vila Real a 57,872 segundos dos vencedores, enquanto Bruno Pires e Fábio Mota (Porsche) foram segundos, a 50,515 segundos.

Esta segunda corrida do campeonato nacional ficou marcada por um acidente logo na primeira volta que deixou de fora quatro pilotos, casos de Francisco Mora (Cupra), Francisco Carvalho (McLaren), Patrick Cunha (Audi) e Ondrej Krupka (Skoda).

Paulo Oliveira fez o primeiro turno de condução, entregando na segunda metade da prova o carro ao filho, que participa no Mundial de MotoGP com a KTM, foi convidado por um patrocinador para participar nesta segunda jornada dupla do campeonato nacional, tendo vencido a categoria TCR.

Na primeira corrida, disputada no sábado, Miguel Oliveira cortou a meta na quarta posição mas viu-se promovido ao segundo lugar depois da desclassificação da dupla Francisco Carvalho/Miguel Cristóvão e a penalização atribuída a Bruno Pires/Fábio Mota.

Sem comentários

deixar um comentário