18 Janeiro 2022, 02:27

Milhares em manifestação de protesto em Madrid contra nova Lei de Segurança Cidadã

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Madrid, 27 nov 2021 (Lusa) – A manifestação de protesto contra a reforma anunciada pelo Governo espanhol da Lei de Segurança Cidadã juntou hoje de manhã em Madrid milhares de pessoas, entre as quais dirigentes do Partido Popular (PP) e Cidadãos (direta) e Vox (extrema-direita).


O protesto foi convocado pela JUSAPOL, associação formada por agentes da Polícia Nacional e da Guarda Civil, em conjunto com outros sindicatos e associações profissionais das Forças e Corpo de Segurança de Espanha.


Sob o lema “Não à insegurança dos cidadãos”, a marcha é apoiada por sindicatos da Polícia Nacional, da polícia regional e local, bem como pelas associações profissionais da Guarda Civil a que se juntaram várias associações de cidadãos.


A manifestação partiu de vários pontos da capital espanhola e é marcada pela presença de inúmeras bandeiras nacionais e durante a marcha foram ouvidas palavras de ordem contra o Governo e o primeiro-ministro, Pedro Sánchez.


Um camião, fazendo soar a buzina de forma estridente abre a marcha, enquanto nos passeios muitos populares gritam “Viva a Polícia Nacional” e “Viva a Guarda Civil”.


Como tinham anteriormente anunciado, o PP, Cidadãos e Vox juntaram-se à manifestação, mas sem querer politizar o protesto.


Por parte do PP está presente o presidente da câmara de Madrid e porta-voz do partido, José Luis Martínez-Almeida, enquanto a presidente da Comunidade de Madrid, Isabel Díaz Ayuso, esteve no local por alguns minutos para dar o seu apoio.


Pelo lado do Vox está presente o seu líder, Santiago Abascal, que foi recebido por gritos de “Presidente, Presidente”, acompanhado da direção deste partido de extrema-direita.


Pelo partido Cidadão estão presentes a sua presidente, Inés Arrimadas, o porta-voz no Congresso, Edmundo Bal e o deputado Miguel Gutiérrez.



EL // EA


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário