19 Junho 2021, 05:08

Ministro da Educação esteve em Gaia, um “município que mostra que é possível fazer a diferença”

©AMÂNDIA QUEIRÓS | MUNDO ATUAL
Susana Faria AdministratorKeymaster

Tiago Brandão Rodrigues, ministro da Educação, visitou hoje a Escola Secundária Gaia Nascente, onde foi assinado o acordo para o protocolo de requalificação e modernização das instalações deste estabelecimento escolar e também da Escola Secundária dos Carvalhos, dando, assim, sequência ao estabelecido entre o Município e o Ministério da Educação.

No início da cerimónia, o ministro lembrou que Gaia é um concelho forte, com comunidades educativas robustas e que tem vindo a demonstrar que é possível fazer a diferença numa aposta firme na escola pública.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



“O Município, através dos agrupamentos de escolas e professores, tem mostrado ao País que é possível fazer a diferença. Cada vez que aqui venho, levo material de trabalho e hoje vimos celebrar os próximos passos deste que é um grande compromisso”, destacou Tiago Brandão Rodrigues.

O projeto engloba, de acordo com o presidente da autarquia, Eduardo Vítor Rodrigues, a requalificação integral dos edifícios da Escola Secundária de Carvalhos e da Escola Secundária Gaia Nascente.

Eduardo Vítor Rodrigues referiu que serão retiradas destas duas estruturas escolares as placas de fibrocimento com amianto, que para o autarca é o “menor” dos trabalhos.

“Vamos fazer uma reabilitação de eficiência energética, que inclui a substituição integral das caixilharias, uma intervenção nos espaços de aulas, substituição de infraestruturas já envelhecidas e tudo o que diga respeito às cantinas”, explicou o presidente.

Os projetos já entregues representam um investimento de cerca de 3,5 milhões e meio para cada escola.

Ainda não existe uma data para o início dos trabalhos, uma vez que o concurso ainda será lançado, mas Eduardo Vítor Rodrigues adiantou ao Mundo Atual, que acredita que no final do primeiro trimestre do próximo ano “estejamos a avançar com a obra”.

Momentos antes da assinatura deste protocolo, o ministro da Educação teve também a oportunidade de visitar a Escola Básica das Devesas, para acompanhar os trabalhos de remoção de amianto, e ainda a Escola Básica de Gervide, que foi alvo de obras de reabilitação do edificado escolar e de construção da cobertura do recreio.

Gaia investe seis milhões de euros na remoção de fibrocimento de 32 escolas

Durante a cerimónia, Eduardo Vítor Rodrigues lembrou o esforço do Município de Gaia para a remoção das placas de fibrocimento sem amianto de 32 escolas do concelho, que foram lançadas a concurso público único, num investimento de seis milhões de euros, comparticipado em dois milhões pelo Estado.

“Temos onze edifícios escolares prontos. Estamos a realizar obras em sete e os restantes fazem parte de um lote que avançará em agosto”, frisou o autarca, referindo ainda que entre outubro e novembro a empreitada estará concluída nas 32 escolas.

Sem comentários

deixar um comentário