18 Janeiro 2022, 08:16

Moçambique/Ataques: Índia doa embarcações militares para reforçar combate contra rebeldes

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Maputo, 28 dez 2021 (Lusa) — O Governo da Índia doou duas embarcações militares ao Governo moçambicano para reforçar as operações de combate contra os grupos rebeldes em Cabo Delgado, no Norte do país, anunciou fonte oficial.


“Podem ter a certeza que o apoio que acabam de nos conceder será devidamente capitalizado para melhoria da situação de segurança no Norte do país e dos deslocados”, declarou o ministro da Defesa de Moçambique, Cristóvão Chume, citado hoje pelo diário Notícias.


Além das duas embarcações militares de alta velocidade, o Governo da Índia doou 500 toneladas de arroz para apoiar as populações afetadas pelo conflito naquele ponto do Norte de Moçambique.


Para o ministro da Defesa de Moçambique, o gesto da Índia é nobre e importante, na medida em que a assistência alimentar é uma prioridade dentro das estratégias do Governo moçambicano para reposição da paz e estabilidade na região.


“A reposição da segurança sem a devida assistência humanitária não garante a segurança efetiva, pois quando o povo está faminto e em desespero é suscetível de ser manipulado e pode filiar-se aos terroristas, sob falsas promessas”, alertou o governante.


A província de Cabo Delgado é rica em gás natural, mas tem sido aterrorizada desde outubro de 2017 por rebeldes armados, sendo alguns ataques reclamados pelo grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico.


O conflito já provocou mais de 3.100 mortes, segundo o projeto de registo de conflitos ACLED, e mais de 817 mil deslocados, de acordo com as autoridades moçambicanas.


Desde julho, uma ofensiva das tropas governamentais com o apoio do Ruanda, a que se juntou depois a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), permitiu aumentar a segurança, recuperando várias zonas onde havia presença de rebeldes, nomeadamente a vila de Mocímboa da Praia, que estava ocupada desde agosto de 2020.



EYAC // VM


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário