03 Julho 2022, 20:13

Moradores recolhem oito corpos após operação da polícia no Rio de Janeiro

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

São Paulo, 22 nov 2021 (Lusa) — Moradores do Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, cidade localizada na região metropolitana do Rio de Janeiro, recuperaram hoje pelo menos oito corpos após uma operação da polícia, segundo o portal de notícias G1.


O fim de semana foi marcado por tiroteios entre a Polícia Militar e suspeitos de tráfico naquela região empobrecida do Rio de Janeiro, onde existem vários manguezais (conhecidos como mangues, no Brasil). Um agente da polícia também morreu.


“Estes confrontos foram intensos, foram na área de mangue, é uma área de difícil trânsito. Logicamente estamos falando de um momento em que marginais estavam no interior da mata fechada”, disse Ivan Blaz, cononel e porta-voz da Polícia Militar em entrevista à TV Globo.


Segundo o G1, os confrontos começaram na madrugada de sábado, quando o sargento Leandro Rumbelsperger da Silva, de 38 anos teria sido atacado a tiros por criminosos durante um patrulhamento. O polícia morreu no hospital.


Na sequência dos tiroteios, o Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi mobilizado, e os embates se acirraram. Na manhã de domingo, os ‘media’ brasileiro informaram que uma idosa foi atingida no braço por uma bala perdida nestes confrontos.


Moradores da região afirmaram que “os corpos estão todos jogados no mangue, com sinais de tortura. As pessoas, cada uma jogada por cima da outra”.


A Defensoria Pública do Rio de Janeiro afirmou num comunicado que recebeu “relatos sobre a violenta operação no Complexo do Salgueiro” e comunicou o caso ao Ministério Público, “para a adoção de medidas cabíveis a fim de interromper as violações”.


 


CYR // PJA


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário