08 Outubro 2022, 09:46

Morte de Isabel II “grande perda para o povo britânico”, diz Presidente chinês

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Pequim, 09 set 2022 (Lusa) — O Presidente chinês, Xi Jinping, apresentou hoje “sinceras condolências” ao Reino Unido pela morte da rainha Isabel II, que considerou “uma grande perda para o povo britânico”, noticiou a imprensa estatal.


“Em nome do Governo e do povo chineses e em seu próprio nome, Xi Jinping expressou as suas profundas condolências” numa mensagem ao novo rei Carlos III, que estendeu “à família real britânica, ao Governo e ao povo”, avançou a CCTV.


Na declaração oficial divulgada pela emissora estatal, recorda-se que a rainha foi o primeiro monarca britânico a visitar a China e elogiou a longevidade do seu reinado.


“Atribuo grande importância ao desenvolvimento das relações China-Reino Unido e estou pronto a trabalhar com o rei Carlos III” para “promover o desenvolvimento saudável e estável das relações bilaterais em benefício dos nossos dois países e povos”, disse Xi Jinping.


A rainha Isabel II morreu aos 96 anos no Castelo de Balmoral, na Escócia, após mais de 70 anos do mais longo reinado da história do Reino Unido.


Elizabeth Alexandra Mary Windsor nasceu em 21 de abril de 1926, em Londres, e tornou-se rainha de Inglaterra em 1952, aos 25 anos, na sequência da morte do pai, George VI, que passou a reinar quando o irmão abdicou.


Após a morte de Isabel II, o filho primogénito assume aos 73 anos as funções de rei como Carlos III.



JMC // VQ


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário