22 Maio 2022, 23:34

Mourinho apela aos 70.000 fãs do Olímpico que “joguem” para Roma atingir a final da Liga Conferência Europa

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Roma, 04 mai 2022 (Lusa) — O treinador português José Mourinho apelou hoje aos cerca de 70.000 adeptos da Roma que vão estar no Olímpico, palco do duelo das meias-finais da Liga Conferência Europa de futebol, que “joguem o jogo” frente ao Leicester.


Na primeira mão, em Inglaterra, a formação italiana, que também conta com Rui Patrício e Sérgio Oliveira, empatou (1-1) com o Leicester City, de Ricardo Pereira, resultado que deixa ambas as equipas obrigadas a triunfar, nem que seja no desempate por grandes penalidades, para alcançar o jogo decisivo da competição, agendado para o dia 25 de maio, em Tirana, Albânia.


“Gostaria que os adeptos jogassem connosco amanhã [quinta-feira]. Podem ir ao estádio como espetadores e podem ir ao estádio para jogar o jogo. Não venham ao estádio para assistir ao jogo, venham ao estádio jogar”, pediu o técnico luso, durante a conferência de imprensa de antevisão ao encontro da segunda mão.


E reforçou: “Se tivermos 70.000 adeptos a assistir, isso não significa muito. Mas se tivermos 70.000 fãs a quererem jogar, então será uma história diferente”.


Dirigindo-se de novo à massa adepta, para lembrar que, desde que pegou no leme dos ‘giallorossi’, o espírito foi sempre de união, o técnico luso considerou, por outro lado, que a partida decisiva contra os ingleses é “especial, pelo que quer muito vencê-la”.


“Não há dúvida de que construímos um vínculo entre nós e os fãs. Estamos juntos há mais ou menos 10 meses, nos bons e nos maus momentos. Eu digo sempre: há apenas uma partida que eu não venci e essa é a próxima. Se a próxima for uma meia-final, ainda mais, porque é claro que uma meia-final dá o direito de jogar uma final. É uma partida especial. Queremos vencer”, desejou.


Mourinho não terminou a conferência sem tecer elogios ao homólogo Brendan Rodgers e ao Leicester.


“Brendan não me surpreende. No Liverpool, as pessoas esqueceram-se do que ele fez. Com muito menos recursos do que o Liverpool tem agora, ele fez um trabalho incrível. O que o Leicester está a fazer é fantástico. Claro que o que eles fizeram ao vencer a Premier League foi incrível, mas, depois disso, o clube cresceu em todos os níveis e agora têm um dos melhores centros de treinos da Europa”, recordou.


Falhada a hipótese de disputar a Liga dos Campeões na próxima época, uma vez que a Roma já não consegue chegar ao quarto posto da Serie A, que daria acesso direto, Mourinho quer garantir a presença na fase de grupos da Liga Europa e terminar a época com um título.


“Ainda podemos classificar-nos para a Europa através da Liga e não podemos simplesmente ignorar essa oportunidade. Precisamos fazer tudo o que pudermos para alcançá-la. Acho que o trabalho tem sido tão duro para cada um de nós, que acho que merecemos terminar a temporada com algo para comemorar. Claro, um troféu seria incrível. Terminar numa posição que nos permita jogar as competições europeias na próxima temporada também seria positivo. Mas estamos a dar tudo o que temos, cada um de nós”, concluiu.


A outra meia-final, que irá opor o Marselha ao Feynoord, está igualmente marcada para quinta-feira, às 20:00, com os holandeses a partirem com uma vantagem de 3-2.


A final da primeira edição da Liga Conferência Europa está agendada para 25 de maio, na Arena Kombetare, em Tirana, na Albânia.



AJC (LG) // AMG


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário