06 Dezembro 2021, 14:19

Andebol: FC Porto vence Benfica e fica mais perto do título

©FCP
mundoatual AdministratorKeymaster

O FC Porto venceu o clássico com o Benfica por 33-35, no Estádio da Luz, em jogo a contar para a 27.ª Jornada do Campeonato de Andebol.

Com este resultado, os «dragões» ficam apenas uma vitória da conquista do título Nacional. A equipa portista está no primeiro lugar, com 81 pontos, seguindo-se os «encarnados», com 75.

O FC Porto mantém-se, assim, invicto e é de recordar que já não perde uma partida a contar para o campeonato desde 17 de maio de 2019.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Depois do triunfo na semana passada sobre o Sporting (33-30), que reforçou a ambição portista de revalidar o êxito no campeonato de 2019, a equipa comandada por Magnus Andersson deixou na casa do rival ‘encarnado’ mais uma demonstração de competitividade e inteligência. Num jogo em que nunca esteve em desvantagem no marcador, o FC Porto foi sempre mais eficaz, mesmo quando a qualidade do seu jogo não estava ao mais alto nível.

Um ritmo altíssimo nos primeiros minutos, com golos consecutivos de um lado e do outro, foi o prenúncio de um bom espetáculo de andebol. Até que alguém viria a falhar e o primeiro a foi mesmo o Benfica, um ‘pecado original’ que não foi capaz de expiar até ao apito final: quando abriram pela primeira vez uma vantagem de dois golos (5-3), o máximo que os ‘dragões’ permitiram foi uma igualdade a sete golos.

Contudo, o FC Porto foi lesto a travar uma recuperação do conjunto de Chema Rodríguez e alcançou logo uma vantagem de três golos (10-7), que viria a manter-se estável largos minutos, com o Benfica desinspirado no ataque e o guardião portista Mitrevski em bom plano a contribuir para a defesa desse fosso no marcador. Porém, em cima do intervalo, os ‘dragões’ foram mais certeiros e seguiram para o descanso com uma vantagem de quatro tentos (19-15).

No segundo tempo, o Benfica esboçou uma reação rápida e positiva, que reduziu em poucos minutos a desvantagem para dois golos, mas o líder do campeonato não perdeu tempo a recompor-se e, com dois contra-ataques rápidos, voltou a afastar-se para o conforto de quatro golos de diferença. Apesar da boa réplica ‘encarnada’ na segunda metade – em que até fizeram mais golos (18) do que o adversário ‘azul e branco’ (16) -, o líder da prova não facilitou.

Em termos individuais, a vitória ‘portista’ foi alicerçada na tremenda pontaria de Iturriza, com o ‘pivot’ do FC Porto a anotar 10 golos, sendo bem secundado pela atuação inspirada de Mitrevski na baliza. Já do lado do Benfica, Djordjic foi o melhor marcador, com sete golos, mas Belone Moreira e Paulo Moreno estiveram também em destaque, com seis golos cada.

Ficha do Jogo

Jogo no Pavilhão n.º 2 da Luz, em Lisboa.

Benfica – FC Porto, 33-35.

Ao intervalo: 15-19.

Sob a arbitragem de Eurico Nicolau e Ivan Caçador, as equipas alinharam e marcaram:

– Benfica (33): Sergey Hernández, Bélone Moreira (6), Petar Djordjic (7), Francisco Pereira (3), Keita (4), Paulo Moreno (6) e Matic Suholeznik (2). Jogaram ainda: João Pais, Arnau García (1), Kevynn Nyokas (3) e Carlos Martins (1).

Treinador: Chema Rodríguez.

– FC Porto (35): Nicola Mitrevski, Djibril Mbengue (4), André Gomes (2), Rui Silva (4), Diogo Branquinho (5), António Areia (2) e Iturriza (10). Jogaram ainda: Manuel Spath, Miguel Martins (2), Daymaro Salina (3), Ivan Sliskovic (1), Miguel Alves, Diogo Silva (1), Leonel Fernandes e Fábio Magalhães (1).

Treinador: Magnus Andersson.

Marcha do marcador: 3-5 (05 minutos), 6-7 (10), 7-10 (15), 8-10 (20), 9-13 (25), 15-19 (intervalo), 18-20 (35), 20-24 (40), 24-27 (45), 26-30 (50), 29-33 (55) e 33-35 (final).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Sem comentários

deixar um comentário