20 Outubro 2021, 08:34

Mundial2022: Seferovic falha penálti e Suíça empata, Polónia trava Inglaterra

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

O futebolista do Benfica Haris Seferovic desperdiçou um penálti no nulo da Suíça em Belfast, a Polónia, de Paulo Sousa, impôs um empate à Inglaterra, e as grandes seleções venceram na sexta ronda de qualificação para o Mundial2022.

Não tem sido nas últimas semanas opção de Jorge Jesus no Benfica, mas foi titular no embate do grupo C, entre a Suíça e a Irlanda do Norte, e falhou, aos 33 minutos, momento crucial do jogo, um penálti que podia ter sido determinante para a seleção helvética sair de Belfast com três preciosos pontos na caminhada para o Mundial.

Noutro jogo do grupo, a Itália, atual campeã europeia e principal favorita ao apuramento direto para o Qatar, goleou a frágil seleção da Lituânia, por 5-0, e lidera isolada com 14 pontos (seis jogos), seguida da Suíça, com oito (4), da Irlanda do Norte, com cinco (4), da Bulgária, também com cinco (5), e da Lituânia, com zero (5).

No grupo I, a Polónia, treinada pelo português Paulo Sousa, conseguiu, com todo o merecimento, empatar já em período de compensações, aos 90+2, por Damian Szymanski, a cabecear à entrada da pequena área na sequência de uma jogada de Robert Lewandovski, que teve de sair da área para efetuar o cruzamento com conta, peso e medida para a cabeça do médio dos gregos do AEK, de Atenas.

A seleção polaca não merecia perder o jogo, mas evitou a derrota quando já poucos acreditavam, depois do incontornável Harry Kane, avançado do Tottenham, de Nuno Espírito Santo, ter colocado a Inglaterra na frente do marcador com um espetacular remate de longa distância, aos 72 minutos.

Noutros jogos do grupo, a Hungria recebeu e venceu Andorra, por 2-1, e a Albânia goleou na receção a São Marino, por 5-0.

A Inglaterra comanda com 16 pontos, seguido da Albânia, com 12, da Polónia, com 11, da Hungria, com 10, de Andorra, com três, e de São Marino, com zero.

No grupo E, a favorita Bélgica sentiu dificuldades para levar de vencida a seleção da casa, a Bielorrússia, tendo valido um golo solitário do médio do Torino, de Itália, Dennis Praet, aos 33 minutos, e o País de Gales não teve capacidade para ultrapassar a organização defensiva da Estónia, mesmo jogando em casa, e acabou por empatar sem golos, desperdiçando dois pontos importantes.

A seleção belga lidera com 16 pontos (seis jogos), seguida da República Checa, com sete (5), do País de Gales, igualmente com sete (4), da Bielorrússia, com três (5), e da Estónia, com um (4).

No grupo B, a Espanha teve um ‘osso duro de roer’ na deslocação ao Kosovo, seleção que bateu por 2-0, mas só chegou ao segundo golo em cima dos 90 minutos, pelo avançado do Manchester City, Ferran Torres, já com o novo reforço do Sporting em campo, Pablo Sarabia, que foi lançado por Luis Enrique aos 72 minutos, a render Álvaro Morata.

A ‘roja’ tinha-se adiantado no marcador aos 32 minutos, pelo médio dos ingleses do West Ham, Pablo Fornals.

Noutro jogo do grupo, a Grécia — que já tinha imposto um empate à Espanha, em Granada — recebeu e venceu a Suécia, por 2-1, e entrou na discussão pelo apuramento, ao bater uma seleção escandinava que, na jornada anterior, derrotara a favorita seleção espanhola em casa, também por 2-1.

Os espanhóis comandam o grupo com 13 pontos (seis jogos), seguidos da Suécia, com nove (4), da Grécia, com seis (4), do Kosovo, com quatro (5), e da Geórgia, com um (5).

Finalmente, no grupo J, a Alemanha não teve dificuldades para golear a Islândia, em casa desta, por 4-0, seguindo firme na liderança, com 15 pontos, seguida da Arménia (que hoje teve um empate comprometedor em casa com o Liechtenstein a um golo), com 11, da Roménia (que empatou hoje sem golos na Macedónia do Norte), com 10, da Macedónia do Norte, com nove, da Islândia, com quatro, e do Liechtenstein, com um.

 

Sem comentários

deixar um comentário