06 Julho 2022, 04:54

Nápoles perde invencibilidade e falha liderança isolada na Serie A

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Redação, 21 nov 2021 (Lusa) — O Nápoles perdeu hoje a invencibilidade na Liga italiana de futebol e falhou a liderança isolada da prova, ao ser derrotado por 3-2 no terreno do Inter Milão, em jogo da 13.ª jornada.


Os napolitanos até estiveram na frente do marcador, com um golo do polaco Piotr Zielinski, aos 17 minutos, mas o turco Hakan Çalhanoglu empatou o encontro, aos 25, de grande penalidade, e ainda assistiu o croata Ivan Perisic para a reviravolta dos ‘nerazzurri’, aos 44.


No segundo tempo, o argentino Lautaro Martínez assinou o sexto tento na Serie A e dilatou a vantagem do Inter, aos 61 minutos, de nada valendo ao Nápoles o grande golo de Dries Mertens, aos 78, sendo que o próprio internacional belga viria a desperdiçar o empate, de forma inacreditável, nos derradeiros segundos do tempo de compensação.


Ao fim de 13 rondas, a formação comandada por Luciano Spaletti perdeu pela primeira vez no campeonato, mas mantém-se no topo da tabela, com os mesmos 32 pontos do AC Milan, que também perdeu a invencibilidade no sábado, no terreno da Fiorentina (4-3).


Já o Inter Milão, que tinha empatado com os rivais milaneses na ronda anterior, aproveitou para se aproximar da dupla da frente, continuando no terceiro posto, com 28 pontos, a quatro dos líderes.


O Bolonha, que vinha de duas vitórias, atrasou-se na luta pelos lugares ‘europeus’ e caiu para o nono lugar, ao ser derrotado por 1-0 na receção ao Veneza, com um golo David Okereke, aos 61 minutos.


Um grande golo de Keita Baldé, de bicicleta, e uma grande penalidade convertida por João Pedro Galvão (ex-Estoril Praia e Vitória de Guimarães) ajudaram o Cagliari a empatar 2-2 em Sassuolo e a somar o primeiro ponto nas derradeiras cinco jornadas.


Com este resultado, a formação da Sardenha segue com os mesmos sete pontos da Salernitana, mas entregou a lanterna-vermelha da Serie A ao conjunto de Salerno, que perdeu por 2-0 na receção à Sampdoria.



MO // AMG


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário