03 Fevereiro 2023, 17:24

Novo Centro de Mama do Hospital de São João com “mais qualidade e conforto”

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

O Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ), no Porto, inaugurou hoje um novo Centro de Mama em instalações “muito desejadas” que substituem “em qualidade e conforto” os contentores que eram usados desde 2008.

“O que estas instalações trazem de novo, principalmente, é um aumento da qualidade no atendimento e no conforto para utentes e profissionais. Vamos ter mais gabinetes de trabalho pelo que poderemos fazer mais consultas”, disse o diretor do Centro de Mama do CHUSJ, José Luís Fougo.

O Centro de Mama do São João fez, em 2022, 14 mil consultas.

José Luís Fougo destacou que não existe atualmente lista de espera.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Em declarações aos jornalistas após uma visita do ministro da Saúde, Manuel Pizarro, o diretor adiantou que o hospital está a trabalhar para que seja possível abrir o novo centro de manhã e de tarde, bem como para “diversificar a oferta”, nomeadamente oferecendo consultas de cirurgia plástica.

Este novo centro substitui as instalações às quais hoje Manuel Pizarro chamou de “contentores qualificados”, mas admitindo que “o desejo antigo por melhoria fazia sentido”.

O Centro de Mama do CHUSJ funcionou em contentores desde 2008.

Ao todo, a equipa conta com 48 profissionais, desde médicos de várias especialidades, como oncologistas cirúrgicos e radiologistas, enfermeiros, assistentes operacionais, técnicos e profissionais ligados à genética e anatomia patologica.

No que diz respeito a ganhos em tecnologia, José Luís Fougo adiantou que está à espera da instalação de um segundo mamografo.

O investimento nestas novas instalações foi de 395 mil euros.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário