27 Janeiro 2022, 08:24

Novo tiroteio em escola nos EUA provoca três mortos e oito feridos

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Um jovem de 15 anos abriu terça-feira fogo por razões desconhecidas num liceu no norte dos Estados Unidos, provocando três mortos entre os estudantes e oito feridos, entre eles um professor, anunciou a polícia local.

O atirador suspeito, ele mesmo estudante na Oxford High School, no Michigan, foi preso e não explicou as razões para os disparos, afirmou Michael McCabe, oficial da polícia do condado de Oakland.

“A polícia prendeu o suspeito cinco minutos após a primeira chamada” para os serviços de emergência, acrescentou McCabe aos jornalistas.

Segundo as autoridades desta cidade ao norte de Detroit, o alerta foi dado às 12:51 locais (17:51 em Lisboa).

Mais de uma centena de telefonemas para o número de emergência foram gravadas, já que o atirador disparou entre 15 a 20 vezes com uma pistola semiautomática em questão de minutos.

Três estudantes morreram — um rapaz de 16 anos e duas raparigas de 14 e 17 anos.

Oito outras pessoas, incluindo pelo menos um professor, ficaram feridas e foram transportadas para hospitais da área.

Seis dos feridos encontravam-se estáveis ao final do dia, enquanto os restantes dois necessitaram de cirurgias, referiu a polícia do condado de Oakland na sua página da rede social Facebook, sem indicar que corriam perigo de vida.

Presente nas aulas de terça-feira, o suspeito não opôs resistência aos agentes que o prenderam de arma na mão na escola que conta com cerca de 1.800 alunos.

O jovem suspeito permaneceu em silêncio a partir do momento em que foi detido.

“Para já, não fala connosco no momento”, a conselho dos seus pais, “que lhe disseram para não falar com a polícia”, indicou Michael McCabe, sublinhando que a investigação vai determinar se o suspeito disparou aleatoriamente ou se tinha alguém como alvo.

“É uma situação muito trágica. Temos muitos pais muito enervados”, acrescentou.

Oxford está localizada cerca de 60 quilómetros a norte da grande metrópole de Detroit.

 

Sem comentários

deixar um comentário