07 Setembro 2022, 00:16

O Sol da Aguda – Andreia Cavaleiro

Andreia Cavaleiro AdministratorBlocked

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

Obrigada Gaia. Também «tu» és especial.

Gaia é, de facto, todo um Mundo. Perdoem-me aqueles que discordam, mas, terminado um período de férias passado, inteiramente, na cidade que há mais de 30 anos me acolhe, o meu sentimento é de total gratidão e orgulho.

Felizmente já tive oportunidade de viajar para diferentes lugares, dentro e fora de Portugal, e há muitos anos que não ficava, em pleno verão, a passar férias em Gaia.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Neste mês de agosto, vivi, certamente, umas das férias que vou guardar na memória e num lugar ao qual espero voltar sempre. A cada dia de praia, a cada final de tarde, a cada noite de Inverno, quando ali apenas vou para contemplar. A Aguda é, de facto, um sítio especial.

Mas Gaia tem vários. Tem uma costa do mais bonito que o leitor pode imaginar, onde há bandeiras azuis em todas as praias, onde a limpeza das mesmas salta à vista de todos, com espaço para adultos, crianças e até animais (sim, há uma praia «pet friendly» em Gaia).

Foi, por isso, memorável poder, em duas semanas, contemplar a beleza, já conhecida, mas tantas vezes esquecida, de uma praia assim, de uma cidade que trata bem do que é seu.

De perceber que o dinheiro de todos nós, contribuintes, de que se fala vezes sem conta, é também para isto: para usufruir de praias ou de lugares que nos fazem querer ficar. Mesmo com a água fria (que já foi mais, é certo) e com uns dias de Nortada (quase nenhum), o Sol da Aguda fez os meus dias mais felizes.

Obrigada Gaia. Também «tu» és especial.

Nota: Orgulhosa da “minha” cidade, mas também da equipa que esteve em reportagem em pleno cenário de «guerra»: na Serra da Estrela. Continuamos a cumprir, a cada edição, com o que lhe prometemos. Fazer diferente.

Sem comentários

deixar um comentário