14 Maio 2022, 21:51

OE2022: Rui Tavares pede reuniões técnicas, Costa responde que “é só marcar”

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 28 abr 2022 (Lusa) — O deputado único do Livre, Rui Tavares, pediu hoje ao primeiro-ministro reuniões técnicas sobre o Orçamento do Estado para 2022, admitindo medidas faseadas até 2023, e António Costa respondeu “com certeza que sim, é só marcar”.


Rui Tavares fez este pedido ao primeiro-ministro na sua primeira intervenção no debate sobre a proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2022 na generalidade, em relação à qual ainda não revelou o seu sentido de voto.


O deputado do Livre recordou a posição assumida por António Costa durante a campanha eleitoral para as legislativas de 30 de setembro de que “uma maioria absoluta não muda nada na disponibilidade para fazer compromissos”.


“Eu já ouvi aqui vários ministros e secretários de Estado a demonstrar abertura para dialogar a este nível, o que registo e muito me alegra, mas agora é preciso subir de nível”, disse Rui Tavares, pedindo para se “passar a uma fase de reuniões e conversações do ponto de vista técnico e de orçamentação”.


“Para percebermos quais são os custos, podendo faseá-los para o Orçamento de 2022 e 2023, tirando partido do facto de que neste ano em poucos meses vamos estar a discutir dois orçamentos diferentes”, completou.


De seguida, o primeiro-ministro respondeu: “Relativamente à questão concreta que coloca, se temos a disponibilidade para uma reunião de trabalho, varias reuniões de trabalho, reuniões técnicas, políticas, claro, com certeza que sim. É só marcar. Portanto, com certeza, toda a disponibilidade”.


IEL // SF


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário