04 Fevereiro 2023, 23:29

Oito chefes de Estado da OEACP já confirmaram presença na cimeira de Luanda — Governo  

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Luanda, 06 dez 2022 (Lusa) — Pelo menos oito chefes de Estado e de Governo da Organização dos Estados da África, Caraíbas e Pacífico (OEACP) confirmaram já a sua presença na 10.ª Cimeira de Luanda, cujos trabalhos se iniciaram hoje, anunciou o Governo angolano.


A informação foi transmitida pelo secretário de Estado para as Relações Exteriores, Domingos Vieira Lopes, dando conta que os 79 países-membros da OEACP confirmaram presença nesta cimeira que decorre na capital angolana.


“Temos já a confirmação de oito chefes de Estado, primeiros-ministros, vice-primeiros ministros e ministros de Negócios Estrangeiros que em alguns casos vão participar em representação dos seus respetivos países”, disse o governante angolano.


Falando em conferência de imprensa, no Centro de Imprensa Aníbal de Melo, em Luanda, onde foi apresentado o ponto de situação sobre a organização do evento, Vieira Lopes deu conta que outras personalidades de relevo vão igualmente participar deste encontro.


“A OEACP também convidou personalidades de relevo que vão participar em encontros de alto nível como do Banco Africano de Desenvolvimento [BAD], das Nações Unidas e da Commonwealth”, apontou.


A 10.ª Cimeira da OEACP decorre entre 06 e 10 de dezembro na capital angolana.


Hoje tiveram início os trabalhos preparatórios, que se estendem até quinta-feira, com uma reunião do Conselho de Ministros da organização, sendo que a reunião dos chefes de Estado e de Governo acontece na sexta-feira.


Angola vai assumir a presidência desta organização, que congrega países de África, Caraíbas e Pacífico, para os próximos três anos.


O coordenador da comissão organizativa da cimeira e ministro das Relações Exteriores angolano, Téte António, deu conta, na ocasião, que a cimeira congrega também fóruns temáticos, nomeadamente sobre negócios, juventude, mulheres e diáspora.


“Impacto Económico e Social dos Acidentes Rodoviários — O Papel da Juventude” será o tema do fórum da juventude da OEACP como explicou Téte António, dando conta que as resoluções dos fóruns serão submetidas na reunião dos chefes de Estado e de Governo.


Cerca de 100 empresários dos países-membros da OEACP vão participar do fórum de negócios, financiado pelo Banco Mundial, que vai decorrer sob o lema “Promover a Competitividade das Pequenas e Médias Empresas da OEACP no Mercado Mundial”.


“Três Continentes, Três Oceanos, um Destino Comum: Construamos uma OEACP Resiliente e Sustentável” é o lema desta 10.ª Cimeira, centrada no desenvolvimento sustentável dos Estados-membros.


Questionado pela Lusa sobre as despesas financeiras de Angola para albergar a cimeira, Téte António respondeu que as autoridades angolanas “ainda não fizeram o balanço” das despesas agregadas ao certame.


“Mas, é preciso também vermos além, ao albergar uma reunião nós trazemos para o nosso país pessoas que talvez muitos deles nunca estiveram em África, então não só é uma boa forma de nós fazermos conhecer Angola, mas a vinda de muitos delegados tem impacto nas nossas vidas, nos negócios que se geram”, sustentou.


A reunião de Luanda vai produzir uma declaração final, assinalou ainda o ministro angolano.



DYAS // LFS


Lusa/Fim


 

Sem comentários

deixar um comentário