14 Maio 2022, 14:16

Palestiniano morto em confrontos com forças israelitas na Cisjordânia

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Jerusalém, Israel, 30 abr 2022 (Lusa) — Um palestiniano foi morto esta madrugada, durante confrontos com forças israelitas no norte da Cisjordânia ocupada, disse o Ministério da Saúde da Palestina.


O homem, de vinte e poucos anos, foi atingido no peito “por munição real” durante uma operação do exército israelita na localidade de Azzoun, disse o ministério, numa mensagem enviada à imprensa.


O incidente aconteceu horas depois de dois assaltantes terem morto a tiro um guarda estacionado na entrada do colonato de Ariel, também na Cisjordânia ocupada e situado a cerca de 20 quilómetros de Azzoun, disseram as autoridades de Israel na noite de sexta-feira.


O ataque levou as forças de segurança israelitas a lançar uma operação de caça aos dois assaltantes, que fugiram de automóvel.


Na manhã de sexta-feira, confrontos entre manifestantes palestinianos e a polícia israelita tinham causado 42 feridos na Esplanada das Mesquitas, foco de tensões no centro de Jerusalém, disseram os serviços de emergência.


Nas últimas duas semanas, confrontos violentos feriram mais de 250 palestinianos dentro e ao redor da Esplanada das Mesquitas, o terceiro local mais sagrado do Islão e o local mais sagrado do judaísmo, conhecido para os judeus como Monte do Templo.


Os confrontos surgiram após uma série de ataques palestinianos mortíferos a cidades israelitas, raides militares israelitas na Cisjordânia e confrontos entre palestinianos e a polícia israelita na Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém, e combates nos postos fronteiriços com ativistas palestinianos na Faixa de Gaza.


Desde 22 de março, 14 pessoas morreram em ataques contra israelitas. Um total de 26 palestinianos, incluindo os atacantes, foram mortos em vários incidentes ou operações, de acordo com uma contagem da France-Presse.



VQ // VQ


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário