27 Novembro 2021, 00:17

Partido conservador de Borisov volta a ganhar eleições na Bulgária — sondagens

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Sofia, 11 jul 2021 (Lusa) — O conservador Cidadãos para um Desenvolvimento Europeu da Bulgária (GERB), liderado pelo populista Boiko Borisov, venceu as legislativas antecipadas de hoje na Bulgária, segundo as primeiras sondagens.


As projeções à boca das urnas indicam que o GERB obteve 23% dos votos, um ponto percentual acima da formação de protesto recente Este Povo Existe (ITN), que conseguiu 22%, segundo a agência noticiosa espanhola EFE.


Os conservadores já tinham ganho as eleições de 4 de abril, mas a impossibilidade de conseguirem uma coligação para governar, assim como a ausência de uma alternativa de governo levou ao escrutínio de hoje.


Depois de três tentativas para formar um Governo e face à legislação, o Presidente búlgaro, Rumen Radev, convocou novas eleições.


A 05 de maio, ao anunciar a data das eleições, Radev alertou para a necessidade de se evitar a incapacidade de se formar um novo executivo, uma vez que, caso contrário, a Bulgária cairá “não só numa crise política como constitucional”.


Nas legislativas de 4 de abril, o GERB do primeiro-ministro Borisov obteve 26% dos votos, menos seis pontos percentuais que em 2017, o que representou uma perda de 20 deputados.


O ITN, do cantor e apresentador de televisão Slavi Trifonov, foi então o segundo partido mais votado.


Esta é uma das novas formações surgidas no país na sequência das manifestações em massa do passado verão que, face a alegados atos de corrupção, pediram a demissão de Borisov, que ganhou as cinco eleições realizadas desde 2009 e foi primeiro-ministro três vezes.


O país dos Balcãs, com sete milhões de habitantes e considerado o Estado-membro mais pobre da União Europeia, aderiu ao bloco em 2007, a par da vizinha Roménia.


 


PAL (JSD) // ANP


Lusa/fim

Tags

Sem comentários

deixar um comentário