09 Setembro 2022, 18:26

Partido do primeiro-ministro convidado a formar Governo na Papua Nova Guiné

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Port Moresby, 08 ago 2022 (Lusa) — O partido do primeiro-ministro da Papua Nova Guiné foi hoje convidado a formar um novo governo, depois de ganhar mais lugares no parlamento do que os rivais, em eleições gerais marcadas pela violência.


O partido que apoia o primeiro-ministro James Marape conquistou até ao momento 36 dos 111 lugares no parlamento e precisará de aliados para formar uma coligação.


A votação terminou a 22 de julho, mas a contagem ainda está a decorrer para alguns lugares no parlamento da Papua Nova Guiné, país rico em recursos, mas onde a maioria da população vive em pobreza.


O governador-geral, Bob Dadae, que representa a rainha britânica Isabel II, convidou o Pangu Pati para formar Governo numa cerimónia oficial, sublinhando que é o partido com mais lugares no parlamento do país.


Cerca de 10 mil membros da polícia, exército e serviços correcionais foram mobilizados para a votação.


Em 26 de julho, um grupo armado com machetes feriu duas pessoas num ataque que, segundo as autoridades, teve motivações políticas.


Observadores eleitorais da Commonwealth condenaram a violência num relatório que recomendou uma “revisão urgente” do processo de votação, citando nomes ausentes na lista de eleitores e várias alegações de corrupção.


O Parlamento deve reunir-se na terça-feira pela primeira vez desde o início das eleições, que decorreram entre 04 e 22 de julho.



VQ // JMC


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário