04 Fevereiro 2023, 14:48

PCP vai propor acesso à água como direito constitucional

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 08 dez 2022 (Lusa) — O Partido Comunista vai propor que o acesso à água fique consagrado como direito constitucional, revelou hoje o secretário-geral, Paulo Raimundo, apesar de reiterar que o partido é contra uma revisão constitucional.


Paulo Raimundo apresentou hoje pela primeira vez as conclusões do Comité Central, o órgão máximo do partido entre congressos, desde que foi eleito secretário-geral do PCP.


“Consagrar o direito à água como um direito constitucional, que é um aspeto concreto. Talvez não seja o mais significativo, entre naturalmente outras propostas que avançaremos”, adiantou Paulo Raimundo, em conferência de imprensa na sede nacional do PCP, quando questionado sobre a revisão Constitucional.


No entanto, líder comunista reiterou que a posição do partido é de que esta revisão da Constituição não era necessária, defendendo que “o conjunto dos democratas e patriotas se concentrem na concretização do texto Constitucional na vida de todos os dias, que é isso que faz falta”.



SV // ACL


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário