07 Maio 2021, 06:00

PDM: “Gaienses têm dado um contributo absolutamente fantástico”

Foto: Pedro Trindade (Mundo Atual)

____________

As sessões participativas de revisão do PDM de Gaia, que começaram em janeiro e se prolongam até abril, em formato online, têm contado com uma grande participação dos gaienses que se mostram “mais atentos e entusiasmados” no processo de construção de uma “cidade melhor, mais inclusiva”.

É o que defende o presidente da Gaiurb, ao Mundo Atual, em jeito de balanço das 10 sessões já realizadas e que contaram com a participação de 700 pessoas.

“O objetivo é o de desmaterializar o PDM do ponto de vista técnico e aproveitar para afinar a capacidade de resposta em termos de crescimento e investimento”, começa por frisar António Miguel Castro, acrescentando: “O contributo de todos é essencial para termos uma visão complementar do ordenamento do território”.

O presidente da Gaiurb destaca o “grande envolvimento da população” na iniciativa que conta com o apoio do Laboratório de Planeamento e Políticas Públicas da Universidade de Aveiro, que conduz o processo participativo.

“As sessões começam às nove (21h00) e têm terminado, sempre, à meia-noite com quase cem pessoas a assistir. A taxa de abandono do debate é quase nula, ou seja, começamos e acabamos com o mesmo número de participantes. Isso é um bom indicador do interesse que tem gerado”, adianta o dirigente, para acrescentar: “Os gaienses têm dado um contributo absolutamente fantástico”.

António Miguel Castro revela ainda que têm existido “reflexões muito interessantes” e que a “partilha que tem existido vai servir para desenhar um plano de desenvolvimento de uma cidade que será mais amiga das pessoas”.

As sessões de debate do PDM continuam a percorrer as freguesias até dia 09 de abril, data do último debate (Vilar do Paraíso).

 

Sem comentários

deixar um comentário