14 Maio 2022, 03:00

Pedrógão Grande: Alegações finais adiadas após juiz ter testado positivo à covid-19

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Leiria, 04 mai 2022 (Lusa) – O início das alegações finais do processo sobre as alegadas responsabilidades criminais nos incêndios de Pedrógão Grande foi hoje adiado após um dos juízes que compõe o coletivo ter testado positivo à covid-19, anunciou a juíza presidente.


“Considerando o tempo previsível necessário para a realização de obtenção do resultado do teste PCR, que geralmente medeia entre 24 e 48 horas, com impossibilidade temporária de constituição do tribunal coletivo, (…) interrompe-se a presente audiência e, consequentemente, dão-se sem efeito as sessões designadas para hoje e amanhã, 05 de maio”, afirmou a presidente do coletivo de juízes, Maria Clara Santos.


Segundo a magistrada judicial, “por enquanto mantém-se a sessão designada para o próximo dia 09 de maio, para salvaguardar a eventualidade de o teste PCR ter resultado negativo”.


“Logo conhecido o resultado do mesmo, caso seja positivo, o tribunal pronunciar-se-á acerca da data concreta para continuação da presente audiência”, acrescentou Maria Clara Santos.



SR/DA // SSS


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário