13 Maio 2022, 22:16

Pepa quer Vitória “alegre” e “intenso” em “jogo especial” com Boavista

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Guimarães, Braga, 05 mai 2022 (Lusa) — O treinador do Vitória de Guimarães afirmou hoje que os seus jogadores devem ser “alegres” e “intensos” para vencerem um duelo “especial” com o Boavista, na abertura da 33.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, na sexta-feira.


Com 44 pontos, a equipa vimaranense assegurou o sexto lugar na ronda anterior e está a quatro do Gil Vicente, formação que ocupa o quinto posto, que Pepa considera ainda um “objetivo” para o seu grupo, que precisa de mostrar “intensidade” e “paixão” no Estádio do Bessa, no que descreveu como um “clássico do futebol português”, marcado pela “rivalidade”.


“Podemos dizer que todos os jogos são iguais, que valem três pontos, mas não podemos esconder que é um jogo especial. Temos de chegar ao jogo, ser alegres dentro de campo e intensos. Se assim for, não tenho dúvida de que vai ser um grande jogo e de que vamos tentar os três pontos”, frisou, na antevisão ao desafio marcado para as 20:15, no Porto.


Convencido de que a equipa está pronta para “deixar para trás” um “jogo menos conseguido” com o Santa Clara (1-1), na 32.ª jornada, Pepa vincou que o quinto lugar “ainda é possível”, após a desvantagem para os gilistas ter sido de 10 pontos, no fim da 27.ª jornada.


“Se não o conseguirmos, sou o primeiro a pegar no telefone e a dar os parabéns ao [treinador do Gil Vicente] Ricardo [Soares]”, completou.


Apesar de “muitas coisas menos conseguidas” ao longo da temporada, o ‘timoneiro’ diz sentir “um orgulho tremendo no grupo de trabalho” e pediu aos seus jogadores para “mostrarem estofo” para lidarem com o ambiente que se prevê adverso, mesmo com a previsível deslocação de centenas de adeptos do Vitória.


Com o extremo Rochinha ainda em dúvida para o embate, a semana de preparação para o duelo com os ‘axadrezados’ contou com a presença de Dani Silva, médio que cumpriu a temporada no Vitória de Guimarães B, na Liga 3, e Pepa elogiou de novo o trabalho desenvolvido pela “estrutura” dessa equipa, treinada pelo ex-jogador vitoriano Moreno.


“Queria dar os parabéns a toda a estrutura da equipa B pelo trabalho fantástico que foi feito. Temos tido muita proximidade com a equipa B para rentabilizar jogadores. Muitos subiram [à equipa principal], não numa perspetiva de ‘queimar’ etapas, mas de valorizar os jogadores. O Dani Silva é mais um a juntar-se a tantos outros. Queremos tirar proveito da ‘prata da casa'”, realçou.


A propósito da saída de Diogo Boa Alma do cargo de diretor desportivo, oficializada na segunda-feira, Pepa lembrou que a direção presidida por António Miguel Cardoso já se pronunciou sobre o caso e “agradeceu” o trabalho realizado pelo antigo diretor desportivo do Santa Clara nos dois meses em que esteve em Guimarães.


O Vitória de Guimarães, sexto classificado da I Liga portuguesa, com 44 pontos, defronta o Boavista, 10.º, com 36, em partida agendada para as 20:15 de sexta-feira, no Estádio do Bessa, no Porto, com arbitragem de Nuno Almeida, da Associação de Futebol do Algarve.


 


TYME // VR


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário