08 Dezembro 2021, 12:08

Petit frisa a grande importância da receção do Belenenses SAD ao Santa Clara

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Oeiras, Lisboa, 15 mai 2021 (Lusa) — O treinador Petit frisou hoje que a receção do Belenenses SAD ao Santa Clara, da I Liga de futebol, “é o jogo mais importante” das carreiras de todos, dada a aproximação pontual das formações a um lugar europeu.


Lisboetas e açorianos partilham os mesmos 40 pontos, a par do Moreirense, que saiu na sexta-feira derrotado da visita ao Sporting de Braga, com o Vitória de Guimarães na sexta posição, de acesso à Liga Conferência Europa, com 42, e numa fase descendente.


“Não sei dos outros resultados, nem me interessa. Se não fizermos o nosso [trabalho], não temos hipótese de subir [na classificação]. Somos uma equipa alegre e confiante, que está a fazer uma segunda volta muito melhor do que a primeira. É o jogo mais importante das nossas carreiras”, afirmou, em videoconferência de imprensa.


Garantida a manutenção na ronda anterior, com um triunfo por 3-1 no reduto do Tondela, os ‘azuis’ partem para o duelo com os insulares “com ambição para conquistar os três pontos”, de forma a “crescer na tabela classificativa”.


“A mensagem que tenho passado é subir na tabela e fazer o maior número de pontos. Encaramos jogo a jogo e trabalhamos bem durante a semana. É nisso que nos focamos e que temos de trabalhar. Queremos terminar bem [o campeonato]”, sublinhou.


Estar a lutar pelo sexto lugar a duas jornadas do fim assenta no “grupo humilde, que gosta de trabalhar sempre no limite”, num crescimento progressivo da equipa ao longo da temporada que a colocou no atual oitavo lugar, “com muito mérito e humildade”, apesar das dificuldades enfrentadas, sobretudo as condições difíceis e o plantel curto.


“Às vezes, não se valorizou tanto o que o Belenenses SAD tem feito. Defendia bem e fazia poucos golos, mas, na segunda volta, conseguimos criar dinâmicas diferentes. Sabe bem ouvir a valorização dos treinadores adversários, de que somos uma equipa competitiva, que defende bem e transita bem, com bons movimentos”, expressou.


Pela frente estará uma formação açoriana “bem trabalhada, com bons processos e dinâmicas”, com alterações na forma de jogar da época passada, sendo uma “equipa de qualidade, que gosta de ter bola e com jogadores rápidos na frente”, analisou Petit, que revelou ainda que falta apenas “acertar no papel” a renovação com os ‘azuis’.


O treinador manifestou a alegria pelo regresso do público aos estádios na última ronda: “Vamos estranhar um pouco, já não estamos habituados a ter público. Devia ser já esta semana, para todas as equipas terem adeptos nos seus jogos em casa, mas é importante os adeptos voltarem ao futebol, pois são o que dá beleza ao espetáculo”.


Sem poder contar com o castigado Silvestre Varela, o Belenenses SAD, no oitavo posto, com 40 pontos, recebe no domingo o Santa Clara, sétimo, em igualdade pontual, no Estádio Nacional, em Oeiras, às 17:00, em jogo da 33.ª e penúltima ronda da I Liga portuguesa de futebol arbitrado por Hélder Malheiro, da associação de Lisboa.


 


DYRP // AMG


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário