08 Outubro 2022, 06:16

PJ detém suspeito de provocar 15 incêndios que queimaram 35 hectares em Arruda dos Vinhos

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



A Polícia Judiciária deteve um homem de 31 anos suspeito de ter praticado 15 crimes de incêndio em Arruda dos Vinhos nos últimos dois anos, queimando 35 hectares, revelou hoje aquela força policial.

Após meses de investigação, a PJ deteve fora de flagrante delito um homem que acredita ter praticado, entre 2020 e 2022, 15 incêndios florestais na freguesia de Santiagos dos Velhos, em Arruda dos Vinhos, local onde reside.

“Os focos de incêndio terão sido provocados por chama direta, utilizando para o efeito um isqueiro que tem por hábito trazer consigo, tendo consumido povoamento florestal composto por eucalipto, mato e terreno agrícola, dos quais derivou área ardida total de cerca de 350 mil m2 – 35 hectares”, avança a PJ em comunicado divulgado na sua página online.

Nestes incêndios, “o perigo de propagação foi elevado, tendo colocado em risco as habitações” da zona onde os fogos ocorreram.

Para a PJ, os crimes não provocaram danos e prejuízos maiores porque “os fogos foram precocemente detetados e eficazmente combatidos pelos Bombeiros Voluntários de Arruda dos Vinhos”.

“O indivíduo justificou os incêndios deflagrados devido ao excessivo consumo de álcool e produtos estupefacientes”, afirma a PJ.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário