28 Janeiro 2022, 00:05

Plataforma GoParity triplica investimento até 2021 para mais de 10 ME

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

A plataforma GoParity, de investimento de impacto, fechou 2021 com mais de 10 milhões de euros investidos, quase o triplo do valor até 2020, montante que foi emprestado a 140 projetos sustentáveis, segundo um comunicado.

Assim, a plataforma, “que junta organizações que procuram financiamento para projetos sustentáveis a cidadãos e empresas que querem investir em opções éticas e escolher como o seu dinheiro é utilizado, faz um balanço positivo de 2021 sobre o valor investido, valor devolvido aos investidores e número de utilizadores da plataforma”, lê-se na mesma nota.

De acordo com a informação revelada pela empresa, dos 10,4 milhões de euros emprestados, mais de 2,8 milhões de euros já foram devolvidos aos seus investidores (com juros), face a 700 mil euros até 2020”, sendo que, “até à data, não há nenhuma falência entre os promotores financiados”, garantiu a GoParity.

“Até dezembro de 2020, o valor total investido na plataforma era de 3,8 milhões de euros”, indicou, revelando que só em 2021 foram investidos 6,5 milhões de euros.

“Ou seja, só no último ano ultrapassou-se o volume de investimento angariado nos quatro anos de atividade anteriores (3,8 milhões de euros), tendo o marco dos 10 milhões de euros sido ultrapassado”, indicou.

O investimento nos vários projetos “foi assegurado pelos mais de 18 mil utilizadores da GoParity, número que quase duplicou em comparação com os 9.146 utilizadores registados no final de 2020”, referiu a plataforma indicando que “há 69 nacionalidades entre os investidores, mas apenas 23% são mulheres”.

Os países de origem com maior afluência de investidores são “Portugal, Espanha, Brasil, Itália, França, Alemanha e Holanda” adiantou a GoParity, acrescentando que já foram financiados 142 projetos e que “até 2020, tinham sido financiados 70 projetos, ou seja, só em 2021 foram financiados mais projetos do que desde o lançamento da plataforma em setores como a saúde, educação, agricultura, moda ecológica, mobilidade elétrica, energias renováveis, economia azul, aquicultura sustentável, cooperativas e regeneração”.

Os projetos localizam-se em Portugal, Espanha, Itália, Reino Unido, Lituânia, Brasil, Colômbia, Peru, Equador, Uganda “demonstrando a tendência crescente do investimento em sustentabilidade”, sendo que “na última semana do ano, a empresa lançou o primeiro projeto no Quénia, que está agora aberto a financiamento”, referiu a GoParity.

“O que justifica os montantes atingidos este ano é uma combinação de vários fatores: uma comunidade de investidores que cada vez mais acredita e vê os frutos dos seus investimentos, uma equipa qualificada e (acredito) motivada, a maior diversidade de projetos e geografias que introduzimos, bem como a entrada da Mustard Seed Maze e da Critical Software no capital da empresa”, adiantou Nuno Brito Jorge, presidente executivo (CEO) da GoParity, citado no comunicado.

Para este ano, a empresa espera “fazer crescer ainda mais a comunidade” bem como “entrar em novas geografias, nomeadamente em África, e atrair mais investimento corporativo, tendo para isso a ‘startup’ já lançado um esquema voluntário de compensação de emissões de carbono e um modelo de oferta de investimentos de impacto como incentivo aos colaboradores”.

A GoParity tem como objetivo “duplicar novamente a sua comunidade e o montante investido, ou seja, chegar aos 38.000 utilizadores e a um investimento total de 24 milhões de euros”, indicou.

Sem comentários

deixar um comentário